Produtor de Orgânicos

Adubação verde

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 5 de abril de 2013.

 

Embrapa Agrobiológica, RJ, foto: CI Orgânicos

O trabalho busca sensibilizar os produtores familiares do Estado do Rio de Janeiro sobre a importância de se promover intervenções adequadas no sistema de produção a fim de torná-lo mais econômico e autossustentável. O manejo adequado da matéria orgânica do solo, a adubação racional com base na análise da fertilidade do solo, a rotação de culturas e a adubação verde são práticas indissociáveis para o atendimento a esse objetivo. Uma vez que a introdução da adubação verde na propriedade deve ser prática previamente planejada, levando em conta as diferentes características das espécies que apresentam potencial para esse fim, o autor dedica os dois  primeiros capítulos do manual à escolha da espécie a ser cultivada e descreve as plantas mais utilizadas como as leguminosas, gramíneas e outras famílias.

Como é recomendável que o produtor esteja ciente de que os melhoramentos em seu sistema de produção podem não vir de imediato, o autor faz as recomendações para o cultivo de adubos verdes e relaciona os os indicadores técnicos – economicidade e ganhos de nutrientes – com o uso de adubos verdes.

CI Orgânicos – Paula Guatimosim
Acessado em: 20/03/2013

Adubacao-verde-Pesagro-manual25_completo

Conteúdo completo disponível em:
http://www.pesagro.rj.gov.br/downloads/riorural/manual25.pdf

BARRADAS, C.A.A. Manual Técnico 25 – Adubação Verde. PESAGRO. Niterói, 2010.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.