Produtor de Orgânicos

Adubação verde na produção orgânica, alface americana e repolho

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 6 de janeiro de 2013.

 

O objetivo do experimento, instalado na Universidade Federal de Lavras (MG), foi avaliar três espécies de adubos verdes em complementação ao composto orgânico, quanto ao aporte de nutrientes no solo, a produtividade e as características agronômicas de alface americana e repolho. O uso exclusivo de composto orgânico na produção de hortaliças orgânicas tem se mostrado oneroso, em função do grande volume exigido para a obtenção de produções comerciais. Uma das alternativas complementares vem sendo a adubação verde. Foram usadas as leguminosas mucuna-preta (Stizolobium aterrimum), feijão-de-porco (Canavalia ensiformis.), e crotalária juncea (Crotalaria juncea.), mais uma testemunha (vegetação espontânea e adubação mineral); e as culturas de alface americana e repolho.

Os resultados demonstram que a crotalária juncea apresentou a maior produção de matéria seca e os maiores acúmulos dos nutrientes N, P,K, Mg, B, Mn e Zn, sendo, portanto, a espécie mais promissora para o aporte de nutrientes ao solo, advindo da decomposição/mineralização da biomassa. O uso de adubos verdes como complemento ao composto orgânico, mesmo no primeiro ano de cultivo, o qual representa um sistema em início de conversão, permitiu a obtenção de cabeças comerciais de alface americana e de repolho com peso satisfatório para o mercado, demonstrando que a adubação verde pode ser uma prática promissora na produção dessas hortaliças em sistema orgânico.

CI Orgânicos, Paula Guatimosim
Acessado em: 19/12/2012

adubacao-verde-alface-repolho

Conteúdo completo disponível em: http://www.scielo.br/pdf/hb/v24n2/04.pdf

FONTANETTI, Anastácia et al. Adubação verde na produção orgânica de alface americana e repolho. Horticultura Brasileira, vol.24, n.2. Brasília, 2006.

 

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.