Consumidor de Orgânicos

Orgânicos saem da marginalidade

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 21 de maio de 2014.

BETERRRABA

O Departamento da Agricultura dos Estados Unidos, USDA, lançou recentemente seu Censo Agropecuário, e entre as descobertas mais surpreendentes esta a explosão de vendas dos produtos orgânicos. Entre 2007 e 2012, o USDA sinaliza que o total de vendas de produtos orgânicos nos sítios dos EUA cresceram de $ 1,9 bilhão em 2007 para US $ 3,1 bilhões em 2012, um pulo de mais de 60 % em apenas cinco anos .

Para obter a certificação orgânica o produtor não pode usar pesticidas sintéticos e que os animais devem ser alimentados com produtos orgânicos,  sem antibióticos ou hormônios. Os agricultores orgânicos também não pode plantar culturas geneticamente modificadas (OGM) ou alimentar com OGM’s  seus animais.

fonte: Voz
fonte: Vox

Nos Estados Unidos, só 40% das fazendas que comercializam alimentos orgânicos representam 97% das vendas totais de orgânicos.  Ou seja, os agricultores familiares que vendem, por exemplo, pimentões orgânicos ou tomates no mercado local, representam uma pequena fração do total do mercado orgânico.

A presença de grandes fazendas orgânicas  ajudou a incrementar a média de vendas, por fazenda, acima de US $ 200.000.  A média anual por fazenda orgânica superou a média conjunta de todas as fazendas dos Estados Unidos.

O recente crescimento de varejistas como Whole Foods poderia sinalizar a crescente popularidade dos alimentos orgânicos, mas a entrada, no mundo orgânico, do Walmart (um dos maiores varejistas do mundo) pode ser uma  evidência ainda mais forte .

A cadeia Walmart anunciou recentemente que via expandir seu negócio de orgânicos em uma tentativa de reduzir os preços desse tipo de alimentos. Quando o maior varejista dos Estados Unidos se interessa na comercialização de alimentos orgânicos, em grande escala, trata-se de um sinal que os  orgânicos entram firmemente no mercado.

fonte: Voz
fonte: Vox

Os gráficos mostram os dados das fazendas, mas o apetite norteamericano foi maior: em 2012 cerca de US$ 28 bilhões em alimentos orgânicos foram comercializados.

No entanto, isso não quer dizer que a agricultura orgânica esteja tomando conta da paisagem agrícola dos EUA, que é dominada pelo gado não-orgânico e pelos grãos como milho e trigo. De acordo com o USDA , a agricultura orgânica representa apenas 0,8% de todas as vendas agrícolas dos EUA.

Fonte: Vox

Veja dados relativos à produção orgânica, censo dos Estados Unidos: USDAcenso-st99_1_053_054

Fonte: USDA

Notícias relacionadas:

Governança entre supermercados e produtores agrícolas, Brasil e EUA

Alemanha, produz pouco, mas lidera consumo de orgânicos na Europa

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.