Produtor

O cultivo da acerola orgânica para exportação no Ceará

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 2 de fevereiro de 2017.
Foto: Antônio Cruz/ABr

A Fazenda Nutrilite Brasil, fazenda empresarial localizada na cidade de Ubajara (Ceará), em conjunto com cem parceiros integrados pela agricultura familiar, tem gerado emprego e renda investindo no cultivo da acerola orgânica voltada para exportação.

A acerola, fruta pequena, mas muito rica em nutrientes, é conhecida como uma poderosa fonte de vitamina C.

Em 2014, o Globo Rural exibiu uma reportagem mostrando como é o funcionamento da fazenda que possuí cerca de 140 mil pés de acerola. O objetivo da fazenda, localizada na Serra do Ibiapaba, é extrair a maior quantidade de vitamina C possível que será usada como matéria-prima para a produção de suplementos vitamínicos.

De acordo com a gerência da empresa, o período de colheita para obter a maior concentração de vitamina C é cerca de 18 a 21 dias após a floração. A acerola deve estar ainda verde, pois ao amadurecer e adquirir a coloração vermelha, o teor de vitamina cai quase pela metade.

Etapas de produção

Depois de colhidas, as acerolas são levadas para a fábrica de processamento onde são lavadas e selecionadas, o que garante a qualidade do produto final. Já selecionadas,  as acerolas passam pela prensagem onde o substrato é extraído e, transformado em seguida, em líquido ou em pó.

Quase 100% da produção é destinada a exportação. Além da Europa, a produção é vendida para os Estados Unidos e para a China.

Sobre a Fazenda Nutrilite Brasil

A Fazenda Nutrilite Brasil, localizada na Serra do Ibiapaba, na cidade de Ubajara (Ceará), é a maior da NUTRILITE™. Lá, o clima é propício para a produção de acerola durante todo o ano. A acerola que ali cresce proporciona 100% da vitamina C natural (ácido ascórbico) utilizada nos produtos NUTRILITE™. Esta fazenda conta com 16,5 milhões de m2 de terreno, 100% certificados como orgânicos. Mais de 300 cabeças de gado proporcionam um excelente fertilizante natural para os cultivos, e a maioria das pragas e doenças que atacam as plantas são combatidas de forma preventiva por meio de nutrientes orgânicos equilibrados, e pesticidas naturais como o óleo de nim, resultando em um cultivo forte e saudável.

Para saber mais acesse o site oficial da marca clicando aqui.

Para assistir o vídeo com a reportagem completa basta clicar na imagem abaixo:

 

Fontes: Terra Notícias e Globo Rural – G1

 

Veja outras matérias similares: 

O cultivo orgânico de pitaya no sul de Santa Catarina

Futuro da produção orgânica é visto com otimismo no Brasil

Balanço do mercado orgânico em 2016: movimento de R$ 3 bilhões

 

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.