Produtor de Orgânicos

Milho verde consorciado com leguminosas anuais

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 18 de fevereiro de 2013.

 

foto: CI Orgânicos

Ao considerar a cultura do milho verde uma opção para pequenos agricultores, devido à possibilidade de remuneração antes da maturação, no estádio de grãos leitosos, o trabalho verificou a influência de algumas espécies de leguminosas em cultivo intercalar sobre as características fitotécnicas da cultura do milho verde, em sistema orgânico de produção. Isso porque quando cultivado de forma orgânica, o produto alcança maior valor de mercado, passando a ser uma importante alternativa aos pequenos produtores. O trabalho também considera a importância social da cultura, já que parte dos produtores brasileiros utiliza baixa tecnologia, não possui grandes extensões de terras, e cultiva para subsistência, comercializando apenas o excedente. Após a colheita das espigas verdes, a biomassa restante é muito utilizada para alimentação animal, ainda fresca ou na forma de silagem. Este quadro reflete nas baixas produtividades dessa lavoura no país. Os autores alertam que a alta expressiva dos preços de adubos industrializados nos últimos anos vem onerando o custo de produção dos agricultores, em especial dos familiares. Assim, a produção e a adição ao solo de biomassa de leguminosas com alta qualidade nutricional, obtida em consórcio com a cultura principal, é uma alternativa viável e acessível aos produtores para fertilizarem suas lavouras, aliada ao baixo custo e com baixo impacto ambiental.

CI Orgânicos – Paula Guatimosim

Acessado em: 18/01/2013

Milhoverde

Conteúdo completo disponível em: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/474001/1/Milhoverde.pdf

QUEIROZ, L.R. et al. Milho Verde em Sistema Orgânico de Produção, Consorciado com Leguminosas Anuais. Embrapa Milho e Sorgo. Sete Lagoas, 2008.

 

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.