Produtor de Orgânicos

Medindo qualidade de vida e de condições para viver

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 9 de setembro de 2013.

geleias, Coopernatural

O trabalho avalia e distingue o limiar entre qualidade de vida e qualidade das condições para se viver entre agricultores orgânicos familiares. A investigação foi realizada no município de São Jorge D’Oeste, Sudoeste do Paraná, junto aos agricultores e aos técnicos e agentes de desenvolvimento. O método utilizado, descrito em Quality of life and quality of living conditions in rural areas: distinctively perceived and quantitatively distinguished (IQV e IQCV), foi útil na análise de políticas públicas implementadas em diferentes regiões do estado, por considerar questões locais e suas especificidades, além ter sido importante instrumento para monitorar a efetividade de programas institucionais. Avaliou-se o grau de satisfação de um grupo de agricultores beneficiários do Programa Paraná Biodiversidade, contemplados com recursos para ampliar a produção de frutas e hortaliças orgânicas em ambientes protegidos. Especificamente em relação às condições avaliadas, o olhar do técnico que promove as melhorias e a satisfação subjetivamente manifestada são satisfatoriamente aproximadas.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 03/09/2013

 

Conteúdo completo disponível em:
https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/92067/252392.pdf?sequence=1

KLEIN, J. Medindo qualidade de vida e de condições para viver: estudo de caso no Sudoeste do Paraná. UFSC, Florianópolis, 2008.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.