Produtor de Orgânicos

Não podemos ter apenas uma visão econômica, temos que ter também responsabilidade social e ambiental”

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 29 de setembro de 2017.

O coordenador do Grupo Gestor do Arroz Agroecológico do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Emerson Giacomelli, participou recentemente do Fórum Agronegócio Sustentável, promovido pela Folha de São Paulo.

No evento, o coordenador concedeu uma breve entrevista para a equipe do Centro de Inteligência em Orgânicos e falou sobre a importância do trabalho realizado pelo grupo, que reúne cooperativas, técnicos e famílias assentadas, atuando no planejamento da produção do arroz orgânico.

“O arroz orgânico teve início como uma pequena experiência. Aos poucos, no processo de formação, na discussão, na organização dos nossos agricultores, essa experiência foi crescendo. Hoje, são mais de 500 agricultores que produzem arroz orgânico. Nós conseguimos organizar a cadeia produtiva como um todo: na produção, no recebimento, no beneficiamento, na comercialização”, conta.

Atualmente, o MST é um dos maiores produtores de arroz orgânico da América Latina. (Leia mais sobre o assunto aqui)

“Tudo isso agregando valor, trabalho e principalmente dignidade para quem produz e fornecendo para quem está na cidade um produto de qualidade, com selo social e ambiental. Isso é de uma importância muito grande. A gente não pode ter apenas uma visão econômica, temos que ter também uma responsabilidade social e ambiental”, finaliza o coordenador.

Veja outras matérias similares:

Agricultura familiar e reforma agrária: os maiores produtores de orgânicos do país

Conferência Internacional de arroz orgânico será realizada no Brasil em 2018

MST: o maior produtor de arroz orgânico da América Latina

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.