Produtor de Orgânicos

Composto orgânico nas características físicoquímicas de cenoura “Brasília”

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 28 de fevereiro de 2013.

 

foto: Sítio Catavento, SP, CI Orgânicos

O trabalho avaliou os efeitos de dois tipos de adubação orgânica no cultivo de cenouras da cultivar “Brasília” na fase pós-colheita. Os experimentos foram realizados em uma horta comunitária de cultivo tradicional irrigado, localizada em Petrolina/PE. A formulação do primeiro composto orgânico foi feita com 40% de esterco caprino curtido e 60% de resíduos de restos vegetais, e o segundo tratamento foi a trituração da casca de mamona. As raízes foram colhidas aos 92 dias após a semeadura, e em seguida foram levadas para o laboratório de pós-colheita para as análises. A influência do composto no produto colhido foi avaliada através do teor de água, sólidos solúveis (SST), acidez total titulável (ATT), relação SST/ATT, carotenóides totais e firmeza da polpa. O resultado demonstrou que houve diferença significativa entre as principais características físico-químicas da cenoura ao nível de 5% entre os tratamentos, nas diversas análises realizadas, indicando que a utilização do composto orgânico no cultivo da cenoura é uma ferramenta promissora na manutenção de sua qualidade e teor nutricional para fase de pós-colheita.

CI Orgânicos – Paula Guatimosim
Acessado em: 02/01/2013

Cenoura-Brasília

Conteúdo completo disponível em: http://www.deag.ufcg.edu.br/rbpa/rev121/Art1218.pdf

OLIVEIRA, S.B. et al. Efeito do composto orgânico nas características físicoquímicas de cenoura “Brasília” . Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais,  v.12, n.1. Campina Grande, 2010.

 

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.