Produtor de Orgânicos

Comercialização de hortaliças orgânicas em São Paulo

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 29 de março de 2017.
Foto: Sylvia Wachsner

Foi realizado um estudo sobre a comercialização de hortaliças, baseado em informações de projetos de pesquisa, com dados de 2004, dos preços de frutas e hortaliças em cultivo orgânico no mercado varejista da cidade de São Paulo.

O estudo tinha como objetivo tecer algumas considerações técnicas sobre o mercado de hortaliças e o perfil da cadeia produtiva.

Com relação às hortaliças orgânicas, o objetivo era mostrar os preços daquelas que eram mais produzidas e comercializadas em São Paulo, calculando a margem de comercialização do produtor, o mark up* de distribuição e apresentando as principais certificadoras e distribuidoras atuantes junto aos produtores e, também, na distribuição atacadista e nas principais redes de supermercados.

O mark up de comercialização de verduras foi em média de 119,7%, para os legumes e frutos foi de 189,5% e para raízes, bulbos e tubérculos o foi de 158,3%.

*Mark Up: termo usado em economia para indicar quanto do preço do produto está acima do seu custo de produção e distribuição. Significa diferença entre o custo de um bem ou serviço e seu preço de venda.

 

Instituto de Economia Agrícola, SP

Autores:

  • Waldemar Pires de Camargo Filho;
  • Vagner Azarias Martins;
  • Carlos Roberto Ferreira Bueno

Veja o estudo completo abaixo:

IEA_ComercializacaoHortalicasOrganicas_46_0743

 

Veja outras matérias similares: 

Estudo de caso: certificação participativa

Mais orgânicos na mesa do brasileiro em 2017

IEA cria banco de dados sobre produção e preços de alimentos orgânicos

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.