Produtor de Orgânicos

Biodiversidade funcional e as plantas medicinais, aromáticas e condimentares.

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 27 de outubro de 2016.
foto: divulgação Embrapa
foto: divulgação Embrapa

Neste documento, trata-se a biodiversidade não apenas como uma coleção de componentes isolados em vários níveis, mas principalmente a maneira como eles estão organizados e como interagem, ou seja, as interações e processos que fazem os organismos, as populações e os ecossistemas preservarem sua estrutura e funcionarem em conjunto. Em sistemas complexos de produção agrícola (agroecossistemas) as plantas medicinais, aromáticas e condimentares podem desempenhar importantes funções no que se refere as práticas de manejo agronômico com base em princípios agroecológicos. Nestes agroecossistemas, o principal desafio é selecionar e manejar um conjunto relativamente restrito de espécies (nativas ou exóticas) para atender as funções chave que nos ecossistemas naturais são realizadas por um grande número de espécies. O presente texto busca promover a discussão da importância de uma visão sistêmica dos processos de produção agrícola compreendendo e lançando mão da biodiversidade funcional de espécies medicinais, aromáticas e condimentares. Pode ser aproveitado por diferentes atores envolvidos e interessados em sistemas agrícolas de base ecológica.

Ano de publicação: 2011
Autoria: BORSATO, A. V.; FEIDEN, A.

Veja o manual Biodiversidade Funcional e Plantas Medicinais doc119

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.