Consumidor de Orgânicos

Público prestigia estande da SNA na Bio Brazil Fair

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 18 de junho de 2015.
foto: CI Orgânicos
foto: CI Orgânicos

O estande da Sociedade Nacional de Agricultura esteve lotado durante a BioBrazil Fair |BIOFACH America Latina, em São Paulo, capital. Com o apoio do Sebrae, este ano a SNA levou para o evento quatro empresas associadas à Rede OrganicsNet: Mãe Terra, Cassiopéia, Ecobras e Fazenda Tamanduá.

O público presente prestigiou o estande da SNA e conferiu as novidades,como o food truck Mãe Terra, agroindústria paulista que processa uma variedade de produtos orgânicos e naturais, com insumos adquiridos de agricultores familiares. “Fizemos bons contatos, tanto do lado dos clientes (distribuidores), como dos consumidores, que puderam degustar e adquirir snacks integrais orgânicos e cookies (zero lactose e sem a adição de corantes)”, diz Luigi Bavaresco, do Departamento de Marketing da empresa. Segundo Bavaresco, há uma tendência de consumo de alimentos naturais. “É grande o engajamento dos consumidores. Para se ter uma ideia, temos 350 mil seguidores no Facebook”, conta.

Spirulina orgânica

18897128262_092b462d7d_z
foto: CI Orgânicos

Outro destaque do estande foi a spirulina Tamanduá,da Mocó Agropecuária, alimento orgânico nutracêutico desenvolvido para nichos de mercado (casa de produtos naturais e veganos). Segundo José Franciraldo de Lima, pesquisador responsável pelo produto, a spirulina foi isolada há 15 anos, na Fazenda Tamanduá, em Patos, PB, e levou 4 anos para conseguir o registro.

Lima cita os benefícios da spirulina orgânica Tamanduá: “Aumenta a resistência do organismo, fornece proteína de alta qualidade e possui 95% de digestibilidade”, destaca e acrescenta que este é o primeiro produto do Brasil criado com esse conceito. “É um alimento completo”, resume.

Na fazenda, a alga spirulina é cultivada em tanques biorreatores. “Somos os únicos no País a produzir essa espécie de alga em alta escala”, afirma e acrescenta que o projeto ainda é pequeno, cerca de uma tonelada ao mês. “Temos expectativa de crescer, conforme a demanda do mercado”, planeja. Atualmente, o produto está à venda no Brasil e em alguns pontos do exterior, sempre focando no nicho de mercado. A linha de produtos da Fazenda Tamanduá inclui queijos, ricota e mel.

Derivados de soja

foto: CI Orgânicos
foto: CI Orgânicos

Os visitantes do estande da SNA puderam experimentar os produtos naturais da Ecobras, de Guaratiba, RJ. A linha é composta por derivados de soja orgânica (várias versões de tofu, hambúrgueres, shoyu e a sobremesa delisoy, sabor chocolate), além de tofu e malte de cereais (adoçante). Paula Savino, uma das sócias da empresa, afirma que a maior demanda é para o tofu, que é a base de outros produtos.

Os produtos da Ecobras são comercializados em vários Estados do Brasil, destaque para o Rio de Janeiro (grandes supermercados, lojas de produtos naturais, alguns restaurantes e hospitais, nesse caso, em embalagens institucionais) São Paulo (Rede Pão de Açúcar, Oba, Mundo Verde, Casa Santa Luzia e casas de produtos naturais).

Produtos de limpeza 100% naturais

foto: CI Orgânicos
foto: CI Orgânicos

Mais uma vez, a Cassiopéia, de Jarinu, SP, mostrou aos presentes a sua linha de produtos de higiene e limpeza, destaque para o BioWash, primeiro detergente para louças e limpeza geral 100% natural, sem petroquímica e à base de óleos vegetais saponificados de fontes renováveis do Nordeste do Brasil. Este ano, a empresa apresentou ao público da feira, realizada de 10 a 13 de junho, um novo lançamento: o detergente BioWash para máquina de lavar. “Além de contribuir para o meio ambiente, o produto é indicado para pessoas alérgicas e preocupadas com saúde”, afirma Becky Weltzein, diretora da empresa. Os produtos da Cassiopéia são comercializados em lojas de varejo, supermercados e empórios.

Vale lembrar que a Cassiopéia é pioneira do movimento de produtos de limpeza sustentáveis no Brasil e tem o maior número de itens de limpeza listados no catálogo sustentável do Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Equipe SNA/SP, 18/06/15

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.