Produtor de Orgânicos

Perspectivas para pesquisa agroecológica.

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 15 de fevereiro de 2014.

Perspectivas para pesquisa Agroecológica

A agroecologia tem se fortalecido como uma nova ciência em todo o mundo. No Brasil,  a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO), lançada em 2012,  “integrar, articular e adequar políticas, programas e ações indutoras da transição agroecológica e da produção orgânica e de base agroecológica, contribuindo para o desenvolvimento sustentável e a qualidade de vida da população, por meio do uso sustentável dos recursos naturais e da oferta e consumo de alimentos saudáveis”

Dentro desse contexto, a pesquisa em agroecologia toma novo impulso,
sendo que a forma de pesquisar, necessariamente deve diferer da pesquisa convencional nas ciências agrárias. Na pesquisa agroecológica, o conhecimento do agricultor construído ao longo de gerações é tão valorizado, quanto aquele fundamentado pela academia. Com esses dois conhecimentos acontece o diálogo de saberes que se traduz na construção do conhecimento agroecológico.

A Embrapa Tabuleiros Costeiros realizou esta publicação como uma maneira de socializar formas para atuação na pesquisa agroecológica, priorizando as dinâmicas para o diálogo de saberes, demonstrando ainda algumas tecnologias para a produção com base ecológica.

Fonte: Embrapa Tabuleiros Costeiros

Leia on-line:

Notícias relacionadas:

Portifólio de tecnologias de agricultura orgânica e agroecologia

Sementes locais: Experiências agroecológicas de conservação e uso

Caminhos agroecológicos do Rio de Janeiro

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.