Produtor de Orgânicos

Consórcio de inhame (taro) e crotalária em sistema orgânico de produção

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 5 de julho de 2012.

 

foto: CI Orgânicos

Este trabalho avaliou os efeitos do consórcio de inhame com Crotalaria juncea submetidos ao manejo orgânico. O consórcio de inhame com C.juncea estimula o desenvolvimento de plantas de maior porte, porém, sem aumento no índice de área foliar. Ocorreu a diminuição de rebentos produzidos pelo inhame, e a produtividade total não foi afetada pelo consórcio. Como alternativa à diminuição do número de rebentos, pode-se antecipar o corte da leguminosa, de maneira a diminuir a competição por luz pelas espécies. É importante ressaltar que a adubação verde traz benefícios a longo prazo, logo, é esperado que as condições de desenvolvimento da cultura melhorem e a produtividade possa aumentar.

CI Orgânicos – Paula Chermont
Acessado em: 07/05/2012

Conteúdo completo disponível em: http://www.cnpab.embrapa.br/publicacoes/download/cot088.pdf

SILVA, E.E; DE-POLLI, H.; GUERRA, J.G.M.; AZEVEDO, P.H.S.; TEIXEIRA, M.G.; ESPINDOLA, J.A.A.; ALMEIDA, M.M.T.B. Comunicado técnico 88: Consórcio de inhame (taro) e crotalária em sistema orgânico de produção da Embrapa Agrobiologia. Rio de Janeiro, 2006, 4 p.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.