Produtor de Orgânicos

Conheça a agroecologia

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 26 de fevereiro de 2014.
foto: CI Orgânicos

A agroecologia, um campo de conhecimento transdisciplinar, pode ser definida como a “aplicação dos princípios ecológicos para o entendimento e desenvolvimento de agro ecossistemas sustentáveis.

É uma concepção recente de agricultura, e que a partir dos anos 90 passa a integrar muito mais dos conceitos sociais, econômicos e políticos em sua análise incorporando também a antropologia nas propostas de desenvolvimento rural.”

Ela também pode ser entendida como o “manejo ecológico dos recursos naturais, através de formas de ação social coletiva, com propostas de desenvolvimento participativo, desde as formas de produção até a circulação alternativa de seus produtos, estabelecendo relações entre produção e consumo capazes de encarar a crise ecológica e social”.

A agroecologia dimensiona as “relações estabelecidas entre os seres humanos e as instituições que as regulam constituem na peça chave dos sistemas agrários, que dependem do homem para sua manutenção, respeitando ainda os sistemas de conhecimento local e tradicional, onde reside o potencial endógeno que garante a dinamização da biodiversidade ecológica e sociocultural”.

A agroecologia trabalha com a interação positiva entre as comunidades rurais e as disciplinas provenientes tanto das ciências naturais como das sociais: ecologia, antropologia, sociologia, agronomia, geografia, etc. Ela contribui para a conservação da agro biodiversidade e dos recursos naturais/

Indicadores de Sustentabilidade
A agroecologia considera a unidade produtiva, a organização comunitária e outros marcos de relação da sociedade rural articulados em torno da dimensão local onde se encontram os sistemas de conhecimento local, tradicional e indígena. Esses são os portadores do denominado potencial endógeno que permite dinamizar a biodiversidade ecológica e sociocultural buscando por meio do desenho participativo de métodos de desenvolvimento endógeno, o estabelecimento de dinâmicas de transformação para sociedades mais sustentáveis.

A “sustentabilidade do agro ecossistema depende basicamente da otimização de processos como a disponibilidade e equilíbrio no fluxo de nutrientes, a proteção da biodiversidade e a exploração da adaptabilidade e complementaridade no uso dos recursos genéticos vegetais e animais”.

O agro ecossistema é avaliado a partir da utilização de metodologias que vão além de caracterizar e monitorar os sistemas, mas também de fomentar a participação, fornecendo às comunidades a capacidade de observar, avaliar e tomar decisões, adaptando tecnologias aos conhecimentos dos agricultores e às condições socioeconômicas e biofísicas de seus sistemas.

A Embrapa Hortaliças juntamente com a Embrapa Cerrados vem realizando uma série de trabalhos avaliando a sustentabilidade de agro ecossistemas de construção e a metodologia utilizada pode ser encontradas nas publicações dessas entidades.

Fonte: Embrapa Hortaliças

Notícias relacionadas:

Portifólio de tecnologias de agricultura orgânica e agroecologia

Sementes locais: Experiências agroecológicas de conservação e uso

Caminhos agroecológicos do Rio de Janeiro

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.