Produtor de Orgânicos

A influência do agronegócio na exportação do café orgânico

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 18 de julho de 2013.

A revisão bibliográfica mostrou como o uso do agrotóxico pode influenciar na exportação do café orgânico, em detrimento do desenvolvimento sustentável do agronegócio. O café orgânico é analisado como opção de oferta de alimentos isentos de agrotóxicos e como produto de qualidade que preserva tanto o meio ambiente quanto a saúde humana. Tais informações podem acelerar seu consumo. Nesse contexto, analisou-se o tema alimentos orgânicos, dando especial atenção ao café.

A pesquisa bibliográfica estudou conceitos de agricultura orgânica, café orgânico, exportação, desenvolvimento sustentável e agronegócio, possibilitando a discussão teórica, considerando que as características do café orgânico são as mesmas do café convencional. A ideia quebrou o paradigma que em área degradada, após três anos de manejo, pode ser iniciada a plantação de café sem agrotóxico. A preocupação com os impactos causados ao meio ambiente se contradiz com o modelo de produção agrícola moderno, que utiliza alto grau de mecanização e insumos químicos no processo produtivo dos alimentos orgânicos, que vai da produção à comercialização. Um dos pontos cruciais é informar os consumidores sobre os alimentos orgânicos que estão substituindo o café convencional.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 10/07/2013

Conteúdo completo disponível em:
http://tinyurl.com/orxqfum

MUNIZ, L.A. A influência do agronegócio na exportação do café orgânico. Revista Espaço Aberto Discente, Brasília, 2011.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.