Consumidor de Orgânicos

Green Rio: evento de economia verde e orgânicos incentiva negócios sustentáveis

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 18 de Maio de 2016.
Planeta Orgânico e representantes do programa Sebrae no Pódio lançaram no Museu do Amanhã a parceria para a realização da rodada de negócios no Green Rio. Durante o evento, a diretora do Planeta Orgânico, Maria Beatriz Martins Costa (em pé), apresentou o Green Rio e Rio Orgânico 2016. Foto: Paula Savino/Ecobras
Planeta Orgânico e representantes do programa Sebrae no Pódio lançaram no Museu do Amanhã a parceria para a realização da rodada de negócios no Green Rio. Durante o evento, a diretora do Planeta Orgânico, Maria Beatriz Martins Costa (em pé), apresentou o Green Rio e Rio Orgânico 2016. Foto: Paula Savino/Ecobras

A Marina da Glória, no Rio de Janeiro, vai receber, de 2 a 4 de junho, a 5ª edição do Green Rio, evento que reúne representantes da economia verde e do setor orgânico, e que é reconhecido como plataforma para negócios sustentáveis. São esperados para a ocasião mais de mil visitantes e cerca de 50 expositores comprometidos com alimentação, produção sustentável e bioeconomia.

Os participantes também terão acesso à Conferência Green Rio, com palestrantes nacionais e internacionais que falarão sobre temas de interesse, entre eles, a relação da bioeconomia com a biodiversidade, o cenário global pós-COP 21, alimentação saudável e sustentável dentro e fora das escolas e cosméticos amazônicos.

 FORNECEDORES E COMPRADORES

A rodada de negócios da edição 2016 contará com a parceria do programa Sebrae no Pódio e da Associação Brasileira dos Exportadores e Importadores de Alimentos e Bebidas (ABBA) e servirá de ponte entre fornecedores – restaurantes, caterings, redes de supermercados, hotéis, pousadas e lojas – e compradores.

De acordo com Maria Beatriz Martins Costa, idealizadora do Green Rio, “a expectativa é que sejam gerados mais de R$ 6 milhões em negócios, ou seja, o dobro do volume alcançado em 2015”.

“A rodada de negócios vai contribuir também para a cadeia de suprimentos dos Jogos Olímpicos, já que o objetivo do programa do Sebrae é capacitar micro e pequenas empresas para serem fornecedoras em megaeventos esportivos”, salienta a diretora do Planeta Orgânico, que organiza o evento, em parceria com a 2A2.

 AGRICULTURA FAMILIAR

Sylvia Wachsner, coordenadora do Centro de Inteligência em Orgânicos da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), afirma que as pequenas e médias empresas têm capacidade para oferecer alimentos em espaços menores ou nichos nos megaeventos.

“Por exemplo, produtores de alimentos orgânicos podem organizar um bufê de saladas ou um café da manhã para a sala de imprensa. Nozes e castanhas do Pará ou de caju, que são produzidas por cooperativas ou agricultores familiares, podem ser servidas em mesas preparadas, acompanhando sessões de degustação de queijos brasileiros, tapiocas, geleias, sucos de fruta, pães, ovos, etc. para grupos de jornalistas, chefes de delegações, entre outros”, sugere a coordenadora da SNA.

Ela ressalta que “é complicado para as pequenas e médias empresas atender a demandas que envolvam grandes quantidades conforme os megaeventos costumam exigir”.

 DEBATES E PROJETOS

Participando de mais uma edição do Green Rio, Sylvia Wachsner foi convidada a integrar o painel de debates “Parceria Orgânicos & Consumidor” , ao lado de Rogério Dias, coordenador de Agroecologia do Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que estará promovendo à ocasião, com o apoio do Rio Orgânico – espaço dedicado ao setor –  a Semana do Alimento Orgânico.

Já a Sociedade Nacional de Agricultura  comparece ao evento  com um estande institucional para divulgar suas atividades e projetos, entre eles, as revistas A Lavoura e Animal Business Brazil.

 CONSCIENTIZAÇÃO

“RIO 2016: Legado e Inovação” será o tema de um dos painéis da Conferência Green Rio , do qual participará o embaixador Laudemar Aguiar, coordenador de Relações Internacionais da Prefeitura do Rio, que apoia institucionalmente o evento. “Ao apresentar o tema da economia verde, o Green Rio contribuirá para sensibilizar os cariocas sobre o meio ambiente e a sustentabilidade, além de promover educação ambiental e consumo consciente”, reconhece a Prefeitura do Rio.

 ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Após lançamento em 2015, o Green Rio apresenta este ano o prêmio Alimentação Escolar Saudável. O projeto tem como objetivo contribuir para a saúde das crianças e jovens nos municípios do Estado do Rio de Janeiro por meio da promoção do desenvolvimento local e regional e da alimentação escolar saudável, beneficiando assim os pequenos negócios envolvidos na cadeia produtiva de alimentos e bebidas.

Participaram ativamente desta iniciativa 5 municípios com 91 escolas, 400 merendeiras e 30.271 alunos.

 INICIATIVAS SUSTENTÁVEIS

Este ano, a Amazônia divulga o projeto “Cosméticos de Base Florestal da Amazônia”, do qual fazem parte sete estados: Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins. No estande da Amazônia, o público poderá conhecer cosméticos locais, e um painel da conferência apresentará os resultados da iniciativa.

Outros destaques do Green Rio ficam por conta do Centro Sebrae de Sustentabilidade,  um espaço onde serão apresentados projetos que promovem o desenvolvimento sustentável local e regional, e o programa Cultivando Água Boa, da Itaipu Binacional, que promoverá a relação água, energia e clima, divulgada pela ONU como NEXUS.

A entrada para o evento é gratuita. Mais informações, programação e inscrições no site do Green Rio.

 Por equipe SNA/RJ , 18.05.2016

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.