Consumidor de Orgânicos

Feiras orgânicas conquistam os cariocas

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 6 de março de 2017.
Foto: Sylvia Wachsner / CI Orgânicos

O Circuito Carioca de Feiras Orgânicas tem despertado o interesse do carioca pela alimentação saudável, a partir da oferta de alimentos produzidos sem agrotóxicos ou adubos químicos, vendidos pelo próprio produtor, sem intermediação e a preços justos para os consumidores. Nas feiras, podem ser encontradas frutas, verduras, legumes, pães, sucos, bolos e mel cultivados pelos produtores, fresquinhos, colhidos poucas horas antes de serem vendidos. Com 18 feiras na cidade, o Circuito tem um balanço de vendas do ano de 2016 que ultrapassa os 14 milhões de reais, gerando expectativas de novas feiras para produtores e cariocas.

Frequentadora assídua da feira de Laranjeiras, Aimée Weiss, contou que há cerca de dois anos optou pelo orgânico devido aos benefícios para a saúde. “Além de ser mais saudável estou em contato direto com o produtor e contribuindo para agricultura familiar”.

O Circuito trouxe benefícios não só para os consumidores, mas também para os produtores, que desde a sua criação em 2010 já adquiriram caminhão, caminhonete e fizeram melhorias nos sítios. Grande parte dos produtores é da região serrana do Rio. Eles contam que, hoje, a produção do Brejal em Petrópolis é 80% orgânica, e isso se deve às oportunidades criadas pelo Circuito.

Foto: Sylvia Wachsner / CI Orgânicos

Filho de um produtor orgânico, Walace Oliveira, largou seu antigo trabalho para se dedicar à agricultura familiar. “Era empregado em outro sítio e saí para ajudar meu pai, e hoje o que ganho em uma semana é o que recebia lá por mês”, contou satisfeito.

 Outra consumidora, Nara de Almeida, que já era adepta da alimentação saudável, contou que uma das maiores vantagens das feiras são os preços. “Passei a economizar por comprar direto do produtor”, comentou Nara, que antes comprava em hortifrutis e mercados.

O Circuito é fruto de uma política destinada a atender o direito humano à alimentação adequada e nasceu do diálogo entre a prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação, com grupos de consumidores organizados e as organizações gestoras das feiras. Atualmente são quatro organizações gestoras: Abio, Essência Vital, Aula e a Rede Carioca de Agricultura Urbana.

“A sustentabilidade é algo que deve permear as ações do poder público, e a SMDEI renova esta vocação na Prefeitura do Rio acreditando na economia sustentável como pilar orientador de suas ações e programas. As feiras orgânicas são sinônimo de saúde e bem-estar e produção, consumo e desenvolvimento econômico responsáveis, objetivos fundamentais para o sucesso de uma cidade sustentável”

Clarissa Garotinho – Secretária municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação

 Há sete anos, o Circuito Carioca de Feiras Orgânicas vem movimentando a economia do Rio. As feiras de orgânicos aproximam as culturas urbana e rural, não ocupam grandes espaços, não produzem cheiro desagradável, difundem costumes, sabores e saberes de práticas saudáveis de alimentação e são um exemplo de gestão de resíduos, já que as sobras viram composto orgânico.

Saiba os dias e horários do Circuito Carioca de Feiras Orgânicas:

Feira Orgânica do Bairro Peixoto
Local: Praça Edmundo Bittencourt, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Glória
Local: Rua do Russel, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica de Ipanema
Local: Praça Nossa Senhora da Paz, às terças-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica do Jardim Botânico
Local: Praça da Igreja São José da Lagoa, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica do Leblon
Local: Praça Ministro Romeiro Neto, às quintas-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Tijuca I
Local: Praça Afonso Pena, às quintas-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Barra da Tijuca
Local: na Praça do O, às terças-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica de Botafogo
Local: Praça da esquina da Rua Muniz Barreto com Rua São Clemente, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica do Flamengo
Local: Praça José de Alencar (Rua Marques de Abrantes, esquina com Rua São Salvador), às terças-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica de Laranjeiras
Local: Praça Jardim Laranjeiras (Rua General Glicério, altura do n. 224), às terças-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Freguesia
Local: Praça Professora Camisão, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Leopoldina
Local: Praça Marechal Maurício Cardoso – Olaria, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Urca
Local: Praça Guilherme de Oliveira Figueiredo – Avenida Pasteur em frente ao nº458, às quintas-feiras, de 7h às 13h.

Feira Orgânica da Tijuca II
Local: Praça Xavier de Brito, aos sábados, de 7h às 13h.

Feira orgânica do Grajaú
Local: Praça Edmundo Rêgo, às quintas-feiras, de 7h às 13h

Feira orgânica da Ilha do Governador
Local: Praça Jerusalém – Jardim Guanabara, aos sábados, de 7h às 13h

Feira orgânica do Leme
Local: Praça Almirante Júlio de Noronha, aos sábados, de 7h às 13h

Feira orgânica Barra da Tijuca II
Local: Praça General Santander – Parque das Rosas, às quintas-feiras, de 7h às 13h

Fonte: Prefeitura do Rio de Janeiro

Veja outras matérias similares: 

Mel orgânico brasileiro conquista mercados exigentes

Alimentos orgânicos e suas implicações para a saúde humana

O uso de insumos naturais e orgânicos em produtos infantis e de cuidados pessoais

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.