Produtor de Orgânicos

Solo, produtividade e qualidade de maçãs ‘Royal Gala’, convencional e orgânico

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 17 de fevereiro de 2013.
foto: CI Orgânicos

O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos das práticas de manejo convencional e orgânico, em pomares de maçãs, nos atributos físicos e químicos do solo, na sanidade das plantas, na produção e na qualidade de frutos. O experimento foi conduzido em São Joaquim (SC), em dois pomares com a cultivar ‘Royal Gala’, sobre porta-enxerto M-9, em um Cambissolo Húmico, no manejo orgânico (PO) e convencional (PC). Os atributos do solo avaliados foram pH e os níveis de N, P, K, Al, Ca, Mg, Cu e carbono orgânico (CO) presentes no solo. Quanto às características físicas do solo, foram determinados granulometria, estabilidade de agregados, densidade do solo, macroporosidade, microporosidade, grau de floculação e porosidade total. Dez plantas de cada pomar foram selecionadas aleatoriamente e avaliadas quanto à nutrição, vigor, florescimento, frutificação efetiva, produção e qualidade dos frutos.
O estudo verificou que os atributos de solo, rendimento e qualidade de frutos foram fortemente influenciados pelas práticas de manejo adotadas nos sistemas convencional e orgânico. Detectou-se que em ambos os sistemas os teores de nutrientes foram adequados ao crescimento e desenvolvimento das plantas. Contudo, os teores de cobre no tecido foliar do pomar orgânico revelam um excesso de aplicação de calda bordalesa, o que ao longo dos anos pode se tornar um problema ambiental. Por isso, recomenda-se a avaliação dos teores de cobre por anos consecutivos. Os teores de nutrientes (solo, folhas e frutos) e das características físicas do solo foram adequados ao desenvolvimento vegetativo e de frutos. Contudo, verificou-se que pragas e doenças ainda impedem a obtenção de altas produtividades da macieira, em especial na agricultura orgânica, que dispõem de poucos recursos para seu controle. Entre as alternativas que podem melhorar a produtividade estão o ensacamento de frutos e utilização de cultivares resistentes a doenças. Uma vez que os estudos comparativos dos desses dois sistemas de produção no Brasil ainda são recentes, o trabalho traz recomendações para nortear estudos futuros.

CI Orgânicos – Paula Guatimosim
Acessado em: 06/01/2013

Conteúdo completo disponível em:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=177365

ROSA, E.F.F. Atributos do solo, produtividade e qualidade de frutos em pomares de maçãs ‘Royal Gala’ em sistemas convencional e orgânico de produção. UDESC. Florianópolis, 2010.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.