Produtor de Orgânicos

Orgânicos na alimentação escolar pública catarinense

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 11 de outubro de 2013.

O estudo analisou a gestão do processo de produção de refeições de uma Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) escolar da Secretaria de Educação de Santa Catarina (SC), a partir da introdução de alimentos orgânicos. A abordagem teórica destacou o alimento orgânico como alternativa para a problemática da contaminação química dos alimentos, contextualizou e caracterizou o sistema de produção e o mercado de alimentos orgânicos, e ainda o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). A análise revelou que é possível aperfeiçoar gestão da produção de refeições orgânicas na escola por meio do planejamento de cardápios, da forma de efetuar as compras, do recebimento, armazenamento, até a produção das refeições.

Concluiu-se que há necessidade de uma revisão nos moldes de gestão adotados, na formação dos preços e na forma de atendimento por parte dos fornecedores, além da atuação de outras esferas do governo para o sucesso do programa.

Organicos-na-alimentacao-escolar

 

https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/88712

Paula Guatimosim
08/10/2013
Autor: Elinete Eliete de Lima – UFSC

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.