Consumidor de Orgânicos

Mercado de alimentos orgânicos em Belo Horizonte

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 1 de outubro de 2013.
Foto: Divulgação/Ascom Sead

O trabalho apresenta os resultados da análise do mercado de alimentos orgânicos na cidade de Belo Horizonte (MG). A pesquisa foi desenvolvida em duas etapas: qualitativa e quantitativa. Verificou-se que os produtores comercializam alimentos orgânicos em Belo Horizonte, estimulados, essencialmente, pela prefeitura. Entretanto, carecem de um maior apoio de órgãos governamentais para o desenvolvimento do mercado . O estudo também verificou a baixa diversificação dos produtores, tanto no que tange a canais de comercialização como de alimentos produzidos, e foram constatadas algumas barreiras à entrada de novos produtores. A pesquisa verificou que o preço do alimento orgânico é usualmente superior em relação aos convencionais, especialmente nos supermercados. Quanto ao perfil do consumidor, em geral, ele adquire os produtos por meio de cestas entregues em domicílio. Entre os mais jovens, verificou-se que o preço do alimento orgânico é fator condicionante do consumo. Em relação aos consumidores de feiras orgânicas, o principal fato que inibe o consumo é a falta de regularidade na oferta e na divulgação do produto.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 17/09/2013

Conteúdo completo em:
http://repositorio.ufla.br/bitstream/1/304/1/DISSERTACAO%20%20Mercado%20de%20alimentos%20org%c3%a2nicos%20em%20Belo%20Horizonte%20-%20MG.pdf

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.