Produtor de Orgânicos

Gestão de riscos na agricultura orgânica

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 30 de julho de 2012.
foto: CI Orgânicos

Considerando que as tomadas de decisões incidem em um ambiente de incerteza e são associadas a riscos, o presente artigo evidencia que a gestão de riscos é uma peça fundamental da gestão da produção que almeja reduzir perdas. Após os esclarecimentos conceituais de risco, são apresentadas ferramentas, já utilizadas pela agricultura convencional, para gestão dos mesmos. Os riscos da agricultura orgânica podem variar entre agricultores, em função das estratégias individuais adotadas. Além daqueles compartilhados da agricultura convencional, e os fatores de mercado associados à elevação do preço dos orgânicos, o principal é o risco de contaminação na produção. O estudo identifica os riscos, a fonte, ocorrência e impacto para, em seguida traçar um plano de tratamentos para os mesmos. Conclui-se que o gerenciamento de riscos é uma ferramenta a ser utilizada de forma integrada por agentes privados e públicos (políticas públicas).

CI Orgânicos, Vanessa Werneck
Acessado em: 02/01/2012

Conteúdo completo disponível em: 

LIMA, O.O. Gestão de riscos na agricultura orgânica. In: Simpósio Internacionalem Gestão Ambientale Saúde, I, 2005, Centro de convenções do centro universitário – SENA. Santo Amaro, 2005.

zp8497586rq
Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.