Produtor de Orgânicos

Diagnóstico da produção orgânica argentina

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 29 de maio de 2014.
fonte: CI Orgânicos
fonte: CI Orgânicos

O governo da Argentina publicou um panorama bastante detalhado da produção orgânica vegetal e animal do país. De acordo com esse panorama, o governo argentino estima que de seus 203 mil hectares destinados à agricultura orgânica em 2013, quase toda a produção é destinada à exportação, sendo Estados Unidos e países da União Europeia os principais alvos. Em termos gerais os resultados indicam:

1)      As exportações para os Estados Unidos, o principal mercado, cresceram durante 2013 num 22% comparadas com 2012. Mercados como o Brasil, Canadá, Suíça, Rússia, Equador e Austrália também são importantes.

2)       As exportações totais de orgânicos cresceram, num 6%, alcançando 148 mil toneladas, devido à recuperação da venda de frutas. As exportações de produtos industrializados (açúcar, vinho) caíram num 20%. Se bem os produtos de origem animal também caíram num 6%, sobretudo o mel,  as vendas de lã se incrementaram.

3)      Os principais produtos exportados são os cereais e oleaginosas (trigo, milho, soja), as frutas como peras e maças, hortigranjeiros como alho e abobora e os industrializados como o açúcar e o vinho.

4)      O mercado interno ainda á bastante incipiente, situação contraria ao Brasil, onde o foco da produção orgânica é o mercado interno que continua a crescer.

5)      A área de coleta  foi  10% maior que em 2012, e os cereais tiveram um importante crescimento.

Veja o estudo completo aqui

fonte: Servicio Nacional de Sanidad y Calidad Agroalimentaria, SENASA

Notícias relacionadas:

Peru: Exportação de alimentos orgânicos

Como exportar orgânicos para a União Europeia

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.