Produtor de Orgânicos

Contaminação por Cryptosporidium spp. em esterco utilizado como adubo

RuimRegularBomÓtimoExcelente(Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 27 de julho de 2014.
foto: CI Orgânicos

O uso de estercos na agricultura orgânica nem sempre é benéfico. Sua utilização como adubo pode acarretar na transmissão de organismos patogênicos ao homem caso não sejam bem tratados, como por exemplo o protozoário Cryptosporidium, que foi detectado em 53% de hortas urbanas em Campos, no Rio de Janeiro.

Os produtores devem ter cuidado com o uso de estercos na agricultura orgânica! O uso de estercos de origem animal como adubo podem conter organismos patogênicos ao homem se não forem adequadamente tratados.

É o caso do protozoário Cryptosporidium que pode causar diarréia, vômitos, dores abdominais e náuseas.

Esta pesquisa teve como objetivo a detecção de Cryptosporidium spp., um protozoário entérico, do qual algumas espécies podem apresentar caráter zoonótico, em esterco utilizado como adubo em hortas urbanas localizadas em Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil, assim como determinar possíveis fatores de risco para a contaminação do esterco.

Foram escolhidas 15 hortas urbanas que adicionam compostos orgânicos de origem bovina ao solo após a técnica de compostagem para o plantio. Foram coletados 200 g de esterco em três pontos:ápice, interior e base do montante de esterco. As amostras foram fixadas em solução de formol a 10%, concentradas atravésda Técnica de Ritchie modificada, e coradas pela Técnica deZiehl-Neelsen modificada para observação dos oocistos. Os resultados obtidos demonstraram que 53% das hortas estavam contaminadas por Cryptosporidium spp.

Fonte: Laboratório de Clínica e Cirurgia Animal (LCCA), Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias (CCTA), Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF).

Veja todo o conteúdo online em:

Notícias relacionadas:

Preparo de composto orgânico sem esterco animal

Substrato de fontes renováveis para produção de mudas de hortaliças

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.