Produtor

Boas práticas de pós-colheita de frutas e hortaliças

RuimRegularBomÓtimoExcelente(Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 6 de junho de 2012.

6967383515_5967de770c_b-300x169Resumo:

O artigo visa identificar possíveis causas da perda de qualidade em frutas e hortaliças frescas durante a etapa de pós-colheita, de modo a minimizar perdas, aumentar a qualidade e segurança dos produtos. São feitas considerações a respeito de pré-colheita, colheita (limpeza, desinfecção, qualidade da água etc.) e pós-colheita (resfriamento e aos seus riscos, embalagens, transporte etc.). As perdas pós-colheita dependem dos cuidados durante a colheita e em todos os pontos de comercialização até o consumo. As boas práticas agrícolas em toda a cadeia produtiva são indispensáveis para a obtenção de uma matéria-prima de qualidade, principalmente livre de contaminações, contribuindo para a manutenção de suas características desejáveis sensoriais e nutricionais.

CI Orgânicos – Paula Chermont
Acessado em: 28/11/2011

Conteúdo completo disponível em: http://www.ceasa.gov.br/dados/publicacao/pub09.pdf

CENCI, S. A. Boas Práticas de Pós-colheita de Frutas e Hortaliças na Agricultura Familiar. In: Fenelon do Nascimento Neto. (Org.). Recomendações Básicas para a Aplicação das Boas Práticas Agropecuárias e de Fabricação na Agricultura Familiar. 1a ed. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2006, v., p. 67-80.

zp8497586rq
Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.