Produtor de Orgânicos

Agrofloresta em um sistema orgânico de produção

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 12 de maio de 2013.
Embrapa Agrobiológica, RJ, foto: CI Orgânicos

Em função da destruição de florestas naturais tropicais como a Mata Atlântica, que está limitada a menos de 5% de sua área original, a Embrapa Agrobiologia vem realizando pesquisas a fim de reduzir os efeitos do isolamento dos fragmentos restantes, que, provavelmente, não dão suporte a populações de muitas espécies. Os sistemas agroflorestais (SAF`s) surgem como uma alternativa, especialmente aos agricultores familiares, permitindo o aumento da biodiversidade, a recuperação de áreas degradadas, e a obtenção de produtos diversificados. O módulo agroflorestal tem como objetivo aprimorar as técnicas de implantação e manejo dos SAF`s, através do monitoramento de plantios experimentais. Assim, em uma área de 2.500 m2, foi implantado o Sistema Integrado de Produção Agroecológica (SIPA), em Seropédica (RJ), onde a temperatura média anual é de 24,5°C, a precipitação média é de 1.500 mm, o solo é classificado como Planossolo. O capim-colonião e sabiá, que compunham a área, foram cortados e depositados sobre o solo para a implantação do SAF. No total, foram plantadas 11 espécies madeireiras, 12 para produção de biomassa e 17 frutíferas.

Dois anos depois, concluiu-se que o aporte de nutrientes foi expressivo, mas, devido à alta densidade de frutíferas exigentes, constatou-se a insuficiência de nutrientes para determinadas espécies, o que sugeriu a necessidade de otimização da fertilização via adubação verde, ou a utilização de espécies ou variedades comerciais menos exigentes na fase inicial do SAF.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 05/11/2017

Conteúdo completo disponível em: Embrapa, Base de Dados

NÓBREGA, P.O.; CAMPELLO, E.F.C.; SILVA, G.T.A. RESENDE, A.S. Agrofloresta em um sistema orgânico de produção. UFRRJ, Seropédica, 2001.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.