Consumidor

Conheça a empresa alemã campeã em sustentabilidade

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Rio, 19 de abril de 2018.
Foto: Karin Heinze

Com as primeiras lojas inauguradas há quase 20 anos, a empresa Bio Company, sediada em Berlim (Alemanha), alcançou um importante crescimento e se vê bem posicionada em relação ao futuro. Para o co-fundador e CEO da empresa Georg Kaiser, a venda de produtos orgânicos não era suficiente. Por isso, ele insistiu em oferecer produtos da região metropolitana de Berlim-Brandemburgo, constituindo uma rede de fornecedores regionais. Como parte importante da estratégia de sustentabilidade, a empresa investiu em medidas que economizam CO2 e, por essa ação, foi recompensada.

Volume de negócios bem desenvolvido

Os supermercados orgânicos em Berlim alcançaram, em 2017, um volume de negócios de 157 milhões de euros. Em comparação com os 145 milhões do ano anterior, houve um aumento de 8,3%, ficando novamente acima da média da indústria. No final do ano passado, a Bio Company empregava 1.570 pessoas, incluindo 111 trainees. Em abril desse ano, a empresa inaugurou a sua quinquagésima quinta loja, tendo agora 49 pontos de venda em Berlim-Brandemburgo, quatro em Hamburgo e dois em Dresden.

Foto: Karin Heinze

Mais de 100 fornecedores na região metropolitana

“Nosso conceito regional, que é ao mesmo tempo de longo prazo e transparente para nossos clientes, mostrou que nossa abordagem é a certa”, afirma o CEO, Georg Kaiser. Devido ao seu conceito regional, a Bio Company recebeu recentemente o “Regionalstar 2018”, concedido pela revista Lebensmittelpraxis e pela International Green Week. “Continuaremos intensificando e ampliando nossa estratégia de sustentabilidade”, explica Kaiser. “Isso envolve uma rede coesa de mais de 100 fornecedores em Berlim e Brandemburgo, e também, a redução adicional de CO2 por meio da eficiência energética de ponta em nossas lojas, além de um conceito de mobilidade sustentável”.

Em 2018, a empresa vai publicar um relatório de sustentabilidade pela primeira vez. “Queremos identificar onde e como podemos melhorar e otimizar ainda mais nosso desempenho”, insiste Kaiser. A Bio Company também é ativa no bem-estar animal. Um centavo por ovo de marca própria vai para a criação ecológica, onde as galinhas e os frangos são criados e os machos não são mais mortos.

A prioridade dada à rede regional de fornecedores ajuda a reduzir a emissão de CO2. O princípio de rotas curtas de fornecimento continua sendo implementado e se aplica a todos os locais de lojas. Na região de Berlim-Brandemburgo, há cerca de 100 empresas fornecendo Bio Company, em Hamburgo, 60 e, em Dresden, 30. Esta estratégia de abastecimento local tem como objetivo não só garantir a frescura dos produtos, mas também fortalecer a infraestrutura regional com pequenas e médias empresas.

Redução das emissões de CO2 e um conceito de mobilidade sustentável

A Bio Company continua a melhorar o desempenho de redução de CO2 em suas lojas. Todas as lojas recentes operam com sistemas de recuperação de calor com eficiência energética em unidades de refrigeração, de modo que não há necessidade de aquecimento nos edifícios – uma economia de 100% de energia para manter uma loja aquecida. Trinta e cinco empreendimentos já operam neste último padrão ambiental e algumas das lojas mais antigas estão em processo de conversão. O plano é concluir esta atualização de eficiência energética até o final de 2019. Para alcançar a redução de energia, portas de vidro foram instaladas nas prateleiras de alimentos frescos e também é possível encontrar iluminação LED em todos os lugares, o que gera uma economia de cerca de 40% em eletricidade.

A Bio Company também está começando a implementar um conceito de mobilidade sustentável que reduzirá as emissões de CO2 em até 30%. Isso se aplica não apenas aos veículos da própria empresa, incluindo os veículos de entrega, mas também aos carros dos funcionários usados ​​nos negócios da empresa. O objetivo a longo prazo é sempre escolher o meio de transporte mais sustentável para uma determinada jornada.

Maior fábrica regional de processamento de carne e salsicha orgânica

Em 2013, a Bio Company adquiriu a empresa Biomanufaktur Havelland, especializada em carne e salsicha. E, já em 2017, alcançou um volume de vendas de 10,2 milhões de euros. As vendas aumentaram rapidamente e cerca de 2 milhões de euros estão sendo investidos para modernizar e expandir a capacidade de produção da empresa. Atualmente, 1,5 tonelada de linguiça é produzida diariamente. No final de 2015, a Biomanufaktur Havelland já havia completado com sucesso o processo de renovação energética. Por meio da geração combinada de calor e energia e de um sistema fotovoltaico, a empresa opera CO2 de forma neutra e produz sua própria energia.

A Biomanufaktur Havelland é a maior fábrica de processamento de carne e linguiça orgânica. Sendo esse um outro motivo para a Bio Company assumir o negócio, visando garantir o suprimento regional. “O fato de termos tanto sucesso mostra que nossos clientes também apreciam essa qualidade única de carne regional. Isso tem muito a ver com transparência e credibilidade”, diz Georg Kaiser. A Biomanufaktur é a principal fornecedora para mais de 50 filiais da Bio Company

Matéria traduzida e adaptada por Jéssica Silvano (CI Orgânicos/OrganicsNet).

Leia a matéria completa em inglês em https://bit.ly/2F2kj8m

Fonte: IBD Certificações

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.