Agricultura regenerativa

Agricultura regenerativa: a próxima tendência no varejo de alimentos

Agricultura regenerativa: a próxima tendência no varejo de alimentos

A Regenerative Organic Alliance anunciou seu selo “Regenerative Organic” e, criou três níveis de  certificação: bronze, prata e ouro. Este tipo de certificação dá aos produtores o tempo e a flexibilidade necessários para atualizar suas práticas e processos. Com o tempo,  varejistas de alimentos  esperam que a certificação de terceira parte, melhore e a rotulagem se torne mais influente em seus hábitos de compra.

O príncipe, os brasileiros e a expansão das agroflorestas

O príncipe, os brasileiros e a expansão das agroflorestas

Paula Costa e Valter Ziantoni, formados em engenharia florestal e fundadores da consultoria Pretaterra há quatro anos, foram os encarregados pelo Príncipe Charles a criar e fomentar, por meio do Instituto Europeu de Florestas (EFI), projetos capazes de quebrar dois paradigmas sobre agro florestas: tornar os sistemas de produção agroflorestais viáveis em larga escala e com retorno financeiro.  

A agricultura regenerativa e o futuro dos alimentos

A agricultura regenerativa e o futuro dos alimentos

Especialistas argumentam que a agricultura regenerativa pode potencialmente reduzir as emissões de carbono produzidas pela agricultura. Através da fotossíntese, as plantas capturam a luz solar e transformam em energia baseada em carbono, que armazenam em suas raízes, e oxigênio, que liberam no ar.

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.