Produtor

A agricultura orgânica, ecológica e a sustentabilidade

RuimRegularBomÓtimoExcelente
Rio, 13 de novembro de 2012.

A autora parte do princípio que a “industrialização da agricultura” resultou na redução do lucro das atividades agrícolas, em desastres ambientais, na exclusão do homem do campo, e na produção de alimentos que contêm resíduos nocivos à saúde humana. Em contrapartida, a agroecologia bane o uso de produtos químicos sintéticos, resguarda o ambiente de agressões, produz alimentos sem contaminantes, diminui os custos de produção e aumenta a oferta de emprego, evitando o êxodo rural. Para a autora, a agricultura ecológica é um sistema economicamente viável que resgata práticas seculares e conhecimentos empíricos de populações rurais, com o emprego de tecnologias modernas, eficazes e não agressivas ao meio ambiente. Ela propõe a realização de novos estudos para geração de tecnologias sustentáveis e adaptadas às condições edafoclimáticas brasileiras, como uma opção para a agricultura familiar, assentamentos e pequenas propriedades.

Veja a matéria: autora

CI Orgânicos – Paula Guatimosim

A.R. A agricultura orgânica ou ecológica e a sustentabilidade da agricultura. Universidade Dom Bosco. Campo Grande, MS, 2002.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.