Biodiversidade

A agricultura regenerativa e o futuro dos alimentos

A agricultura regenerativa e o futuro dos alimentos

Especialistas argumentam que a agricultura regenerativa pode potencialmente reduzir as emissões de carbono produzidas pela agricultura. Através da fotossíntese, as plantas capturam a luz solar e transformam em energia baseada em carbono, que armazenam em suas raízes, e oxigênio, que liberam no ar.

FAO alarmada com perda de biodiversidade no mundo

FAO alarmada com perda de biodiversidade no mundo

Alerta sobre a perda drástica de biodiversidade no mundo, principalmente na América Latina, onde se registra o declínio do maior número de espécies de alimentos silvestres. Organização especializada das Nações Unidas apresenta provas “crescentes e preocupantes” de que a biodiversidade está desaparecendo e, o mais grave, que “não pode ser recuperada”.

Selo de Biodiversidade vai valorizar espécies nativas do Brasil

Selo de Biodiversidade vai valorizar espécies nativas do Brasil

A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD) criou o Selo de Sociobiodiversidade, vinculado ao Selo de Identificação da Participação da Agricultura Familiar (Sipaf), para os produtos que tenham em sua composição espécies nativas brasileiras. Serão beneficiados, principalmente, pequenos produtores e agricultores familiares que cultivem as espécies nativas de sua região.

Pesquisadores tentam salvar da extinção ‘superfrutas’ da Mata Atlântica

Pesquisadores tentam salvar da extinção ‘superfrutas’ da Mata Atlântica

Pesquisas feitas em parceria pela Unicamp e pela USP, determinaram que cinco espécies nativas do Brasil são ricas em antioxidantes e têm alta eficiência anti-inflamatória no organismo – comparável à de estrelas do mercado de alimentos saudáveis, como o açaí e as frutas vermelhas tradicionais (morango, mirtilo, amora e framboesa).

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.