Produtor de Orgânicos

Paraná Mais Orgânico alcança a marca de 900 certificações

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 18 de abril de 2019.

O Programa Paraná Mais Orgânico alcançou a marca de 900 certificações em propriedades rurais paranaenses. O balanço foi apresentado na terça-feira (16) na Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. Os números projetam o Paraná como um dos estados que mais possuem propriedades certificadas.

Em 2019, o Programa completa 10 anos de atividade com 1.844 visitas em propriedades rurais e 789 estudos de casos desenvolvidos. O Governo do Estado, por meio da Unidade Gestora do Fundo Paraná (UGF) vinculada à Secretaria, investiu R$ 2,5 milhões no programa, que está na terceira fase de execução.

O projeto, que é uma parceira entre a Secretaria, Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), universidades estaduais, Centro Paranaense de Referência em Agroecologia (CPRA), oferta serviços de assistência técnica e extensão rural estimulando a adoção de inovações tecnológicas baseadas na agricultura orgânica.

Além de apoiar a organização dos agricultores familiares nos processos de comercialização da produção orgânica, o programa é uma política pública que forma profissionais qualificados em produção e certificação de orgânicos.

O secretário em exercício da Secretaria, Aldo Nelson Bona, destacou a atuação das universidades na construção do programa. “Devido a capilaridade das nossas universidades, conseguimos atender todo o Paraná, fazendo com que aumente a conscientização sobre os benefícios dos produtos orgânicos para o agricultor e o consumidor”, disse.

CERTIFICAÇÃO – O agricultor interessado deve entrar em contato com um dos oito núcleos do Programa. Um técnico irá executar ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) para adequar a propriedade.

Após um período de adaptação, é feita uma auditoria para verificação das conformidades com a lei. Havendo correspondência à legislação, o produtor recebe o certificado.

Produtores rurais que são assistidos pela Emater, na Lapa, região metropolitana de Curitiba.
Foto: Arnaldo Alves

Fonte: Agência de Notícias do Paraná

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.