Consumidor de Orgânicos

Brasil está à frente do mercado de orgânicos na América Latina

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 29 de maio de 2019.

Grupo Ecocert, líder global na certificação destes produtos para agricultura e cosméticos, apresenta tendências do setor no evento mais importante da área, a Bio Brazil Fair.

O mercado brasileiro de orgânicos está indo muito bem, obrigado. É o que apontam os números do segmento, que cresceu 20% em 2018 e promete continuar neste ritmo pelos dois anos seguintes, conforme o Organis (Conselho Brasileiro da Produção Orgânica e Sustentável), que ainda aponta o país como o primeiro da lista deste mercado na América Latina. Representantes do setor de orgânicos estarão reunidos no maior evento de negócios do segmento na América Latina, a Bio Brazil Fair – Biofach América Latina, de 5 a 8 de junho, em São Paulo (SP). Quem também vai marcar presença é a Ecocert Brasil, integrante do Grupo Ecocert – maior certificadora de orgânicos do mundo, que terá duas palestras no dia 6, a partir das 18h, durante o 15º Fórum Internacional da Produção Orgânica e Sustentável.

Com uma movimentação de R$ 4 bilhões anuais do setor no mercado brasileiro, não dá pra falar de orgânicos sem falar de selo verde. No Brasil, para essa comercialização é obrigatória a regularização destes produtos através da obtenção do selo emitido por um organismo credenciado pelo MAPA e acreditado pela CGCRE do Inmetro. Para mostrar a força que os orgânicos vêm ganhando, o vice-presidente mundial do Grupo Ecocert, Michel Reynaud, irá ministrar uma das palestras da certificadora na Bio Brazil Fair. O francês irá abordar os números orgânicos do mercado europeu – que representa 40% das vendas mundiais do segmento, sendo que Alemanha e França comandam o setor. Reynaud vai apresentar a posição do Brasil no segmento de orgânicos e as oportunidades de acesso ao mercado europeu. A apresentação, que é gratuita, está marcada para às 18h.

Comércio Justo

Além do vice-presidente, a Ecocert traz ainda o Gerente de Desenvolvimento e Parcerias da Divisão de Comércio Justo do Grupo, Laurent Lefebvre, que vai falar sobre outra certificação que vem crescendo exponencialmente no mundo todo. O comércio justo, ou fair trade, será o assunto da apresentação. Este é um movimento mundial que prevê um modelo de negócios com práticas mais justas de preços e um diálogo respeitoso com os fornecedores. É um dos fundamentos da sustentabilidade econômica e ecológica, sendo uma alternativa para a venda de produtos gerados por empreendedores pequenos, como os agricultores orgânicos. O comércio justo movimentou U$ 10 bilhões, em 2018, e cresceu 330% em 10 anos.

Como sequência da palestra de Laurent, a Ecocert irá realizar o workshop “Comércio justo na prática” no dia 07 de junho, às 14h30, na Casa Orgânica, o primeiro supermercado 100% orgânico do Brasil, na capital paulista. O workshop é uma sequência da apresentação de Laurent na Bio Brazil, sendo que neste segundo momento o palestrante irá detalhar como funciona o processo de fair trade, abordando a elegibilidade, reinversão dos fundos na comunidade produtora, valor do prêmio, entre outros. A inscrição no workshop pode ser feita aqui, de forma gratuita. As vagas são limitadas.

Sobre o Grupo Ecocert

Líder mundial em certificação orgânica para agricultura e cosméticos, o Grupo Ecocert atua há quase 30 anos em todo o mundo com o desenvolvimento da agricultura orgânica. Atende 70 mil clientes em mais de 130 países, através de uma rede internacional de 26 subsidiárias. No Brasil, o trabalho iniciou como uma associação, transformando-se em empresa em 2005 para atender a demanda de certificação de produtos orgânicos do país. A Ecocert oferece uma das maiores gamas de certificações de rótulos orgânicos para vários setores, como as indústrias alimentícia, cosmética, têxtil, florestal e madeireira.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.