Produtor de Orgânicos

Polinização de Mangifera indica L. em cultivo convencional e orgânico

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 22 de junho de 2013.

O objetivo do estudo foi verificar a biologia floral, bem como o estudo comparativo sobre o comportamento, a frequencia e a sazonalidade dos visitantes florais em cultivo orgânico e convencional da mangueira. Conduzido durante os anos de 2005/2006, foi desenvolvido em plantio comercial da variedade Tommy Atkins, na Fazenda Frutex, em Petrolina (PE). Quanto aos visitantes florais, foram registradas 21 espécies, pertencentes as ordens: Diptera, Hymenoptera, Lepidoptera e Odonata. A Apis mellifera foi a espécie mais frequente nos dois tipos de cultivo. Dentre os dípteros, destacaram-se Belvosia bicincta (17,7%) e Musca domestica (10,2%) como as mais frequentes em cultivo convencional e orgânico, respectivamente. A diversidade e o número de visitas foram maiores no cultivo orgânico. A utilização de agrotóxicos durante a floração reduziu a frequência de visitas das abelhas em 50% e dos dípteros em 20%.

Devido ao seu comportamento, frequência e ativo deslocamento nas inflorescências, a A. mellifera foi considerada como o polinizador mais eficiente da cultura para a região do Vale do Submédio São Francisco.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 14/06/2013


Conteúdo completo disponível em:
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452008000200006

SIQUEIRA, K.M.M.; KIILL, L.H.P.; MARTINS, C.F.; LEMOS, I.B.; MONTEIRO, S.P.; FEITOZA, E.A. Estudo comparativo da polinização de Mangifera indica L. em cultivo convencional e orgânico na região do Vale do Submédio do São Francisco. Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, 2008.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.