Produtor de Orgânicos

Controle de sementes sobre agricultores familiares e sistemas alternativos de distribuição

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 7 de novembro de 2012.
foto: CI Orgânicos

estudo discute o impacto do controle corporativo no setor de sementes sobre agricultores familiares e apresenta um sistema alternativo de distribuição no Brasil, tomando como exemplo os agricultores protagonistas dos bancos de sementes da Paraíba.  O documento, que está divido em quatro capítulos, tem como foco milho e feijão, cultivos tradicionais da agricultura familiar e alimento do dia a dia da mesa do brasileiro.

O desempenho econômico de sistemas agroecológicos e em transição para agroecologia, via de regra utilizadores de sementes próprias e comerciais, com sistemas  convencionais de cultivo, também são analisados pelo estudo. Uma síntese dos impactos da concentração agroindustrial do setor de sementes sobre as estratégias reprodutivas da agricultura familiar, e as alternativas buscadas para enfrentar esses impactos são apresentadas na conclusão do documento.

CI Orgânicos – Fernanda Fróes
Acessado em: 01/11/12

Conteúdo completo disponível em: http://aspta.org.br/wp-content/uploads/2011/05/Estudo-Sementes-ASPTA-WoW-AA-2009-FINAL.pdf

LONDRES, F., ALMEIDA, P. Impacto do controle corporativo no setor de sementes sobre agricultores familiares e sistemas alternativos de distribuição no Brasil. Rio de Janeiro: AS-PTA, 2009, 60p.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.