Produtor de Orgânicos

Avaliação da qualidade e estabilidade de polpa de banana

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 7 de dezembro de 2012.

Considerando a importância social da cultura da banana no Brasil, desenvolvida principalmente em pequenas propriedades e com mão de obra familiar, e a crescente preferência dos consumidores pelo consumo de alimentos in natura livres de defensivos agrícolas, a produção orgânica passou a ser uma alternativa sustentável e mais rentável para os produtores, pois aumenta o valor agregado do produto. A partir do conceito de sistema orgânico de produção, que otimiza o uso de recursos naturais e socioeconômicos, mantendo as propriedades nutricionais e sensoriais dos produtos, verificou-se que o processamento de alimentos orgânicos é um desafio para a indústria alimentícia.

estudo objetivou, então, avaliar o efeito da pasteurização sobre a estabilidade microbiológica e qualidade química e físico-química da polpa de banana pasteurizada, pronta para consumo. A conclusão é de que o binômio tempo/temperatura utilizado – refrigeração a 4ºC por um período de 60 dias – foi eficiente para garantir a estabilidade microbiológica e físico-química da polpa de banana durante o período de armazenamento sob refrigeração.

CI Orgânicos – Paula Guatimosim
Acessado em: 03/12/2012

Conteúdo completo disponível em:
http://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/872803/1/2010031.pdf

CABRAL, L.M.C.; FURTADO, A.A.L.; GOMES, F.S.; NEVES, F.R.C.; PAGANI, M.M. Avaliação da qualidade e estabilidade de polpa de banana orgânica pasteurizada. Embrapa. Brasília, 2011.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.