Produtor de Orgânicos

Agricultura orgânica sob perspectiva de género: região oeste PR

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 3 de maio de 2013.

 

Divulgação: MAPA

O estudo analisa a participação das mulheres na agricultura orgânica sob uma perspectiva de gênero e, mais especificamente, nas decisões, geração e apropriação da renda. O estudo foi realizado em cinco municípios paranaenses, por meio de entrevistas estruturadas em 15 agricultores familiares. Os resultados indicam maior participação das mulheres nos processos de planejamento, investimento e comercialização da produção orgânica. Constatou-se que na distribuição das atividades que envolvem a produção, os papeis de gênero são mais equilibrados, bem como ocorreram mudanças positivas nas relações intrafamiliares.

Concluiu-se que a participação de mulheres e homens nas atividades orgânicas é uma importante estratégia adotada pela agricultura familiar para a permanência no meio rural, pois garante diversificação, renda e qualidade de vida.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 26/04/2013

Conteúdo completo disponível em: Revista Capital Científico
CAUMO, A.J.; STADUTO, J.A.R. Agricultura orgânica sob uma perspectiva de gênero: um estudo da região oeste do Paraná. UNIOESTEPorto de Galinhas, 2010.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.