Produtor de Orgânicos

Embrapa participa da Agrobrasília 2016

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 10 de maio de 2016.

Um vasto leque de soluções tecnológicas para agricultores e pecuaristas, além de eventos técnicos com pesquisadores marcam a participação pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na AgroBrasília 2016 – Feira Internacional dos Cerrados, promovida pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (COOPA-DF) de 10 a 14 de maio no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no PAD-DF, Distrito Federal. Além do estande e da vitrine de tecnologias, a Embrapa conta com estações no Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (EVAF), da Emater-DF.

Lançamentos

Na quinta-feira (12), às 10h, a Embrapa vai lançar a cultivar de soja BRS 7780IPRO e o livro “Hortaliças de propagação vegetativa: tecnologia de multiplicação”. Desenvolvida pela Embrapa Cerrados (Planaltina, DF) em parceria com a Fundação Cerrados e a Fundação Bahia, a BRS 7780IPRO é uma cultivar de soja transgênica com tecnologia Intacta. Indicada para as áreas produtivas de Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso e Distrito Federal, apresenta elevado teto produtivo, estabilidade produtiva e flexibilidade na data de plantio.

Elaborada por pesquisadores e analistas da Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS), Embrapa Hortaliças e Embrapa Produtos e Mercado (Brasília, DF), a publicação “Hortaliças de propagação vegetativa: tecnologia de multiplicação” apresenta informações sobre os principais aspectos do processo de produção de espécies olerícolas de propagação vegetativa, como alho, batata, batata-doce, mandioquinha-salsa e morango. São abordadas em detalhes todas as etapas do sistema de multiplicação e produção comercial de mudas ou propágulos com elevada qualidade fitossanitária e alto potencial produtivo.

Na oportunidade, também serão divulgados os editais para licenciamento de viveiristas para produção das cultivares de maracujazeiros BRS Rosea Púrpura, de flores rosadas, e BRS Céu do Cerrado, de flores azuladas, bem como da cultivar de maracujazeiro silvestre BRS Sertão Forte.

Espaço de Valorização da Agricultura Familiar (EVAF), da Emater-DF, vai mostrar, entre outras tecnologias, soluções da Embrapa voltadas ao agricultor familiar. A empresa de pesquisa participa em duas estações temáticas: o Circuito de Energias Renováveis, organizado pela Embrapa Agroenergia (Brasília, DF) e o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e a estação de Gestão Ambiental, apresentada pela Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília, DF).

Para mostrar aos pequenos produtores as diversas fontes de energias renováveis que podem ser usadas na propriedade, a Embrapa Agroenergia e o MDA vão abordar as pesquisas para ampliar a aplicabilidades dessas fontes. A Unidade vai apresentar o biogás e produzir biodiesel ao vivo, além de mostrar as matérias-primas para essa produção. Já a equipe do MDA vai explicar como o agricultor familiar participa do Programa Selo Combustível Social.

Já a estação Gestão Ambiental focaliza a restauração do Cerrado. O visitante vai conhecer métodos de recomposição da vegetação nativa do Bioma, que

Além das duas estações, a unidade demonstrativa e de observação do Sistema Agrossilvipastoril – Leite Orgânico vai apresentar diferentes tecnologias produzidas pela Embrapa Cerrados em sistema orgânico de produção. No sistema, foram utilizadas estratégias de correção e adubação do solo como o uso do calcário e gesso agrícola, rochagem e adubação verde. Foram desenvolvidas avaliações do desempenho técnico e econômico da parte arbórea com o eucalipto e de árvores nativas do Cerrado, além de culturas agrícolas – mandioca, batata doce, banana prata e o maracujá BRS Pérola do Cerrado. O sistema também avaliou a integração da parte pecuária pelo incremento no ganho de peso de novilhas meio-sangue da raça Gir Leiteiro utilizando-se a pastagem de braquiária ruziziensis, feijão guandu BRS Mandarim e o capim elefante BRS Canará, além do cultivo do milho variedade BR 106 para silagem.

Vitrine e estande

No espaço dedicado à Embrapa na AgroBrasília, os visitantes terão acesso a produtos e tecnologias desenvolvidos pela Empresa e seus parceiros.

Apresentado pela Embrapa Hortaliças, o “sistema gasoso de controle de irrigação” é usualmente denominado por sua marca registrada, “Irrigas”. As aplicações no manejo de irrigação são úteis em ambientes tão variados quanto casas-de-vegetação, vasos de plantas ornamentais e aplicações agrícolas diversas com sistemas de irrigação como o gotejamento, aspersão e sulcos, indicando quando o produtor deve irrigar a horta, economizando água e garantindo o desenvolvimento pleno das plantas.

A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia destaca o Serviço de conservação de raças comerciais de interesse zootécnico que estará à disposição do público, oferecendo aos pecuaristas brasileiros a oportunidade de conservar seus rebanhos comerciais no Banco Genético da Embrapa, um dos maiores e mais modernos do mundo, em botijões de nitrogênio líquido a 196ºC abaixo de zero, com total segurança e sem qualquer custo.

Outro destaque da Unidade é o Chip de Genotipagem de Eucalipto. Denominado EucHIP60k, o chip de genotipagem tem elevado potencial de aplicação no setor florestal de vários países, pois foi desenvolvido com base nas 10 espécies de eucalipto mais utilizadas mundialmente.

Foto: Agrobrasília 2015, site evento
Foto: Agrobrasília 2015, site evento

Eventos

Nos dias 10, 11 e 12, o pesquisador João Paulo Soares, da Embrapa Cerrados, participa do Dia de Campo “Sistema Agrossilvipastoril Orgânico”, que será realizado na Unidade de Pesquisa Participativa em Produção Organica (UPPO/SSP) da AgroBrasília. Ele fará apresentações, das 9h às 10h, sobre produção orgânica de leite. No local estarão expostas diversas tecnologias da Embrapa adaptadas para sistemas de produção orgânica.

Na sexta-feira (13), a Embrapa participa de dois eventos. Pela manhã, será realizado o Dia de Campo “Intensificação Sustentável da Agricultura”, na área de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta da AgroBrasília. Serão cinco estações: “Plantio Direto no Contexto da Conservação da Água e do Solo”, “Experiência da Fazenda Maringá”, “ILPF: desafios e oportunidades”, “Serviços Ecossistêmicos (Serviços Ambientais)” e “Oportunidades do Plano ABC”, com a participação dos pesquisadores Jorge Werneck (Embrapa Cerrados) e Abílio Pacheco (Embrapa Produtos e Mercado).

Leia a notícia completa, fonte: Agrolink

site do evento: Agrobrasília 2016

Tags: .

Compartilhe:

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.