Produtor

Barra de chocolate com insumos amazônicos chega ao mercado em abril

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 11 de março de 2019.
foto: Fapeam, Governo do Estado do Amazonas.

O Warabu Bean To Bar Chocolate da Floresta Amazônica vai lançar em abril barras de chocolates usando matéria-prima da região com extratos naturais de frutas como, por exemplo, camu-camu, açaí, mangarataia, guaraná, puxuri, cumaru.

O idealizador do projeto é o tecnólogo em Alimentos, Jorge Neves que há um ano ele desenvolveu a pesquisa através Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e proximamente lançará o produto no mercado.

“A ideia é ter uma barra amazônica com valor acessível. O diferencial é que não leva aditivos e nem aromas artificiais. Tudo é natural. As barras da Warabu têm um sabor forte de chocolate. A explicação está no cacau da Selva Amazônica.

Sustentabilidade

A alta demanda por produtos e serviços feitos de forma social, ambiental e politicamente correta propiciou o surgimento de um novo mercado: negócios sustentáveis e ecológicos que ajudam a desenvolverem a cadeia comercial de produtores agrícolas locais.

Segundo o empreendedor, as amêndoas de cacau orgânico são compradas, diretamente, de produtores que fazem parte de uma cooperativa. A iniciativa é para apoiar tecnicamente e ajudar a melhorar os métodos de produção, além de incentivar o trabalho de produtores na região.

“Nosso objetivo é trabalhar com o cacau da floresta amazônica com a adição de algumas frutas regionais” explica Neves, que  já possui a fórmula do chocolate com o capim-santo, açaí, com o cupuaçu e com a mangarataia. A partir dos resultados do projeto, a ideia é oferecer o produto ao mercado internacional, nacional e local.

Investimento

Para a produção e pesquisa das barras foi investido R$ 200 mil, deste valor R$ 100 mil foram só os equipamentos. As barras de chocolates orgânicas são produzidas por método artesanal chamado de Bean to Bar, que é um movimento de pequenas marcas de chocolate que acompanham o processo de produção da amêndoa do cacau (bean) até a barra (bar). Além da qualidade do produto, o movimento preza pelas questões socioambientais.

Benefícios do chocolate para a saúde

A nutricionista Elizangela Mota destaca que um dos benefícios do chocolate orgânico é que ele é feito de sementes de cacau, que não são tratadas com fertilizantes, herbicidas ou pesticidas sintéticos.

“Não são todos os tipos de chocolate que trazem benefícios à saúde. O indicado é o chocolate com teor de cacau acima de 70%, que é o chamado meio amargo e amargo. Este promove um fluxo adequado de sangue devido aos potentes antioxidantes do grupo dos flavonoides – que possui catequinas, epicatequinas e procianidinas. Além disso, ele proporciona a sensação de bem-estar, pois ajuda a libertar o hormônio serotonina”, explica.

Leia a noticia completa, fonte: Em Tempo

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.