Produtor de Orgânicos

Como produzir ovos orgânicos

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 14 de novembro de 2016.
Ovos Fazenda da Toca, foto CI Orgânicos

As galinhas poedeiras orgânicas devem ser criadas soltas, nunca em gaiolas, explica a repórter do  Globo Rural durante a visita realizada à granja  Sitio São João, no Rio das Pedras, no interior de São Paulo. São 5.200 aves,  criadas soltas em pastejo rotacionado. Pela legislação orgânica deve-se der dar, por piquete, um metro de pasto para cada  ave. No sistema extensivo de pastejo, sem rotação, a lei exige que seja disponibilizados três metros quadrados de pasto por animal.  Cada aviário tem um galpão equiparado com coxias, bebedouros, poleiros, ninhos, as aves dorme aqui dentro. Cortinas que permitem proteger os animais de frio, abrem na época quente, e com espaços que possibilitam as aves sair aos piquetes.

A regulação orgânica estabelece que devem ser criadas condições para que os animais vivam bem e possam expressar seus comportamentos. No granja visitada, a produção é 4900 ovos por dia, e seu preço no mercado é aproximadamente uns 100% a mais que dos ovos convencionais.

Um gargalho na produção das aves poedeiras é a alimentação que deve ser preferencialmente orgânica, e atualmente, no mercado, a produção de ração orgânica ainda e pequena e os preços são elevados. Leonardo, o dono da granja, explica que a legislação orgânica permite a utilização de até 20% de alimentos convencionais, mas requer a autorização da certificadora. Importante é notar que os alimentos não podem ser transgênicos. As vacinas são obrigatórias e o uso de medicamentos alopáticos devem ser evitados ao máximo, o uso de  fitoterapia e homeopatia estão liberados,

Veja a reportagem completa vídeo: Globo Rural

Veja outras matérias similares: Avicultura

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.