Biodiversidade

Dia da Bioproteção, para estimular o uso dos insumos biológicos.

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 27 de setembro de 2021.

O dia 23 de setembro, é agora no Brasil o Dia da Bioproteção ou Bioprotecion Day, data pleiteada pela Embrapa Soja (PR) e pelo CABI (Centre for Agricultural Bioscience International).

A iniciativa busca conscientizar e levar mais conhecimento técnico correto ao setor produtivo sobre o uso correto dos bioinsumos e o controle biológico nas lavouras. O mês de setembro foi escolhido por marcar o início da safra agrícola de grãos e cereais no Brasil. Segundo o pesquisador da Embrapa Soja, Adeney Bueno, um dos organizadores do evento, a conscientização do produtor agrícola  é crucial na construção de uma agricultura cada vez mais sustentável.  “Além de seguras ao meio ambiente, essas práticas atendem também à demanda crescente do mercado consumidor, que busca cada vez mais alimentos produzidos com menor uso de agrotóxicos sintéticos”, complementou Bueno.

O diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa, Guy de Capdeville, indicou “precisamos atuar juntos em um movimento único, harmônico e alinhado com os órgãos certificadores internacionais para fortalecer  não só as ações relacionadas a controle biológico e bioinsumos, como também plataformas de carbono zero, sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), entre outras práticas fundamentais à sustentabilidade da agropecuária mundial”, concluiu.

O CEO do CABI, Daniel Elger, explicou que o Centro é uma organização sem fins lucrativos, que busca fornecer informações e utilizar conhecimentos científicos e  conta hoje com mais de 50 países membros, 11 centros de pesquisa na Ásia, África, Europa e Américas e cerca de 480 profissionais atuando em nível global. O órgão lançou um novo Portal de Bioproteção, no Quênia, em 2020. 

O controle biológico no Brasil cresce o dobro da média mundial anualmente, que é de 10 a 15%. A ideia de utilização de biodefensivos apenas em sistemas orgânicos ficou no passado. Hoje, os produtos de base biológica estão adaptados a grandes commodities, como soja, cana e café, entre outras. Atualmente o país conta com mais de 400 produtos biológicos registrados e já está na terceira geração desse segmento, com mais de 100 empresas com registros ativos de produtos. O Brasil ocupa hoje cerca de 5% do mercado mundial.

fonte:leia a noticia completa,  Agrolink

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.