Produtor de Orgânicos

Família se destaca na produção de uva orgânica em Santa Catarina

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 15 de setembro de 2020.
Na última safra os Freisleben produziram 13,5 toneladas de uva e garantiram uma renda de mais de R$ 64 mil com a atividade. Foto: divulgação

Em menos de um hectare, a família de Alcir e Eliane Freisleben produziu, na última safra, 13,5 toneladas de uva e garantiu uma renda de  mais de R$ 64 mil com a atividade.

A propriedade está localizada em Porto União, Santa Catarina, e desde 2014  conta com uma Unidade de Referência Técnica da Epagri em cultivo protegido de uva orgânica. Lá são produzidos os cultivares Isabel Precoce, Isabel, Niágara Rosada e Branca, Violeta, Venus, Bordo, Carmem, Magna, Moscato Bailey e Poloski.

Segundo o exensionista rural de Porto União, Guilherme Luis Scaramella Gonçalves, a família já era produtora de hortaliças orgânicas há 20 anos e  há seis procurou a Epagri com o interesse de cultivar uva. Hoje eles ainda cultivam hortaliças, mas maior parte da  renda vem da comercialização da uva.

“O empenho e o conhecimento da família se somaram às condições agrícolas da região e a experiência é destaque no município, que é o maior produtor de uva do Planalto Norte um polo de produção orgânica de hortaliças, frutas e grãos”.

A família conta com a assistência da Epagri, que constantemente está na propriedade auxiliando em aspectos técnicos, econômico, social e ambiental. Guilherme lembra, ainda, que como lá é uma unidade de referência técnica, os resultados e experiências são compartilhados com outros agricultores e técnicos por meios de dias de campo, reuniões com demonstração de método, oficinas e palestras.

De acordo com o extensionista, na propriedade é desenvolvido um trabalho com melhoria da qualidade de solo, avaliação econômica da atividade, controle de predadores de frutos e avaliações das plantas.

“A meta para os próximos anos é trabalhar com outros porta-enxertos para avaliação do comportamento da videira frente ao declínio e morte da planta, avaliação de novos cultivares, ampliação e melhoria de outras frutas na propriedade, como laranja, tangerina, mirtilo, amora-preta e framboesa.”

Fonte: Epagri e revista A Lavoura

Tags: , , .

Compartilhe:

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.