Notícia

EU: Cresce demanda por leite orgânico.

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 20 de fevereiro de 2015.

 

foto: CI Orgânicos

Grandes varejistas ampliaram espaço para laticínios; produtores têm dificuldades de atender à demanda. Semanalmente soam demandas de clientes interessados em adquirir leite orgânico. Os produtores tem dificuldade em atender a demanda mesmo ante um preço bastante maior do leite convencional.  Mesmo nos estados com o maior número de laticínios com o Wisconsin, algumas lojas exibem placas alertando para falta do produto.

“Há pessoas que ligam e dizem: ‘Eu sei que o caminhão chega terça-feira, você pode me separar três garrafas?’” diz Dana Bates-Norden, funcionária responsável pela compra de bens perecíveis. Desde o ano passado, o leite em garrafas de vidro produzido por fazendas orgânicas do Meio-Oeste dos Estados Unidos começou a esgotar-se apenas dois dias após chegar à loja. “Quando comecei há dois anos, sentia que acabaria perdendo uma boa parte do leite orgânico; agora, não consigo nem manter o estoque.”

Os americanos gastaram em torno de US$ 35 bilhões em alimentos orgânicos em 2014. Cerca de US$ 5,1 bilhões foram gastos em laticínios, mais que o dobro de dez anos antes, conforme dados do “Nutrition Business Journal” publicados no site do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).  O espaço no varejo tem incrementado anualmente.

Não são apenas os moderninhos que vêm aderindo aos orgânicos. Cerca de 45% dos americanos buscam produtos orgânicos, segundo pesquisa do Gallup de agosto. No Dill Pickle, em Chicago, os clientes são bem variados, incluindo solteiros jovens, famílias e consumidores mais velhos.

As vendas de leite orgânico subiram 9,5% nos 11 primeiros meses de 2014, para 2,26 bilhões de libras-peso, segundo dados mais recentes do USDA. Em contraste, a demanda por leite convencional recuou 3,8%, para 43,49 bilhões de libras-peso no mesmo período.

O preço de varejo do leite orgânico subiu 8,4% no ano encerrado em 6 de fevereiro, para US$ 3,89 por meio galão (1,893 litro), segundo o USDA. O preço do leite convencional subiu 14%, para US$ 1,92.

O leite vendido como orgânico deve vir de vacas criadas sem hormônios ou antibióticos e os animais devem alimentar-se de pastagens orgânicas ou comer apenas ração orgânica – milho ou outros grãos que não sejam transgênicos nem tratados com defensivos químicos. Tudo isso é regulamentado pelo governo.

Pelas atuais regras do USDA, o processo de certificação pode levar três anos, entre a conversão das as pastagens e a produção de grãos  orgânicos. No terceiro ano de transição, os animais tem de ser tratados apenas com alimentos orgânicos, o que pode elevar os custos em cerca de US$ 365 mil em uma fazenda com 500 vacas, segundo Andrew Dykstra, presidente da Chico, uma aliança de produtores de laticínios orgânicos na região oeste dos EUA, com sede na Califórnia. A certificação orgânica onera mais os produtos e é demorada.

A Organic Valley, maior cooperativa de agricultores orgânicos nos EUA, paga parte do custo das fazendas leiteiras que queiram fazer a conversão. Para encorajar as conversões, a cooperativa aumentou a compensação neste ano para 75%, segundo o CEO George Siemon.

Para Kathie Arnold, dona de 140 vacas leiteiras na Twin Oaks Dairy, em Truxton, Nova York, a alta nos preços lhe permite investir em novos equipamentos. Ela estima que sua produção vendida em janeiro rendeu cerca de 14% a mais do que um ano antes, maior alta anual desde que converteu sua produção para orgânica, em 1998. “Chegamos a um ponto em nossas instalações em que não podemos crescer sem expandir-nos para outros terrenos.”

Os consumidores vêm aumentando as compras de leite orgânico porque o produto é visto como mais saudável, segundo Bob Goldin, vice-presidente executivo da firma de pesquisas Technomic Inc. . São as qualidades decorrentes da ausência de hormônios e antibióticos que atraem os consumidores, diz Goldin. “Não é necessariamente uma ligação lógica, mas é isso o que muitos consumidores definem como saudável. A definição do que é saudável vem mudando.”

Leia a matéria complete, fonte: Lydia Mulvany | Bloomberg

Veja também um informe sobre a produção de leite orgânico no Reino Unido em 2015, em inglês, aqui

Notícias Relacionadas:

Apesar dos entraves, produzir leite orgânico compensa

Boas Práticas na Produção de Leite

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Tags: , .

Compartilhe:

Comentários

Deixe um comentário

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.