Produtor de Orgânicos

Campanha de controle biológico beneficia agricultores em Sagrada Família

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 3 de março de 2015.
lagartinha
foto: Divulgação

 

Na tentativa de combater os danos causados na cultura de milho pelos insetos invasores, a Emater/RS-Ascar vem desenvolvendo a campanha para o controle biológico de lagartas do milho. O controle diminui os ataques das lagartas do cartucho e da espiga através da utilização da vespinha chamada de Trichogramma spp. Em Sagrada Família, a campanha está sendo desenvolvida em parceria com a prefeitura pelo segundo ano consecutivo nas lavouras de milho safrinha.

Já neste ano, o controle foi aplicado em 52 hectares, beneficiando 32 famílias que tiveram acesso ao milho convencional através do Programa Troca-troca, da prefeitura. Estas famílias estão inseridas no Programa Leite Gaúcho e Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF). O controle biológico é uma técnica que utiliza meios naturais com o objetivo de reduzir o nível populacional de determinadas pragas. Um dos principais problemas da cultura do milho safrinha é a lagarta do cartucho que ataca as folhas do milho no estágio inicial de desenvolvimento da planta. Na fase reprodutiva, a preocupação é com a lagarta da espiga, que causa danos e ocasiona perdas de rendimento e qualidade nos grãos.

Com o controle biológico diminui significativamente os ataques das lagartas do cartucho e da espiga, através da ação da vespinha. A Trichogramma spp é produzida em laboratório a partir de ovos que são comercializados e distribuídos em cartelas nas lavouras de milho. Na lavoura, a vespinha adulta procura os ovos das mariposas para fazer suas posturas, impedindo assim o desenvolvimento da lagarta do cartucho e da espiga.

De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Fabiano Cassol, a grande adesão das famílias pelo controle biológico se deve a parceria com a Prefeitura de Sagrada Família, que subsidiou as cartelas de Trichogramma. “Nossa intenção com este trabalho é oferecer alternativas aos agricultores que reduzam os custos e, principalmente, o uso de agrotóxicos, podendo melhorar a qualidade dos produtos e o ambiente como um todo”, exclamou.

Fonte: Agrolink

Notícias relacionadas:

Helicoverpa: “Chegou o momento do controle biológico no Brasil”

Vespinhas para controlar lagarta do cartucho do milho despertam interesse no RS

Controle biológico pode eliminar Helicoverpa armigera no estágio inicial

CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E TWITTER

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga no Instagram @ciorganicos

🌎 Principal fonte de inteligência sobre a cadeia produtiva de alimentos saudáveis e produtos orgânicos.

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.