agrotóxicos

Voltar

Relatório: Populações Expostas a Agrotóxicos

foto: Infoescola/ Shutterstock

foto: Infoescola/ Shutterstock

A política agrícola adoptada a partir da década de 1960, incentivo o uso intensivo de agrotóxicos e a monocultura. Esse modelo de desenvolvimento vem gerando impactos sociais e ambientais de curto, médio e longo prazos, os quais são custeados por toda a população por meio de gastos públicos com recuperação de áreas contaminadas, prevenção, diagnóstico e tratamento de intoxicações agudas e crônicas, afastamentos e aposentadorias por invalidez de trabalhadores rurais e até mortes por utilização dessas substâncias.

Entre as inúmeras atividades que utilizam agrotóxicos, destacam-se a agropecuária, a produção industrial, as madeireiras, a silvicultura, o manejo florestal, a preservação de estradas, a saúde pública, o controle de algas, a desinsetização e a desratização. Desse modo, a utilização de agrotóxicos não se restringe ao meio rural e afeta, também, o meio urbano.

Leia o Relatório:


Elaboração do Relatório: Ministério da Saúde.
Secretaria de Vigilância em Saúde
Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador
2016.
SCS, Quadra 4, bloco A, Ed. Principal, 5o andar CEP: 70300-904 – Brasília/DF
Site: <http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/ o-ministerio/principal/secretarias/svs/agrotoxicos> E-mail: <vigipeq@saude.gov.br>

Deixe o seu Comentário:

Boletim CI Orgânicos

 

Cadastre seu nome e email, para receber nosso boletim mensal por email.

 

Assine o boletim CI Orgânicos

 

outras seções