Práticas Sustentáveis

Voltar

O uso de insumos naturais e orgânicos em produtos infantis e de cuidados pessoais

Óleo de maracujá: indicado para aplicação em lenços umedecidos, cremes para assadura, hidratantes corporais e sabonetes em barra. Imagem: Reprodução/Internet.

O crescimento do consumo de produtos infantis tem feito com que muitas indústrias invistam na formulação de produtos específicos para as crianças. A tendência é de que materiais derivados do petróleo, como silicone e óleos minerais, ou ingredientes sintéticos sejam substituídos por insumos naturais e orgânicos.

A Beraca, empresa de origem brasileira que investe no desenvolvimento de ingredientes e tecnologias sustentáveis, é uma das principais fornecedoras de ingredientes naturais e orgânicos provenientes da biodiversidade brasileira para as indústrias de cosméticos, produtos farmacêuticos e cuidados pessoais.

Atuante em todo território nacional e com distribuição em mais de 40 países, a empresa é líder no fornecimento de ingredientes naturais e orgânicos extraídos de forma ética e sustentável da Floresta Amazônica e de outros biomas brasileiros. Entre esses ingredientes estão óleos, manteigas, argilas, além de ativos multifuncionais. Para saber mais sobre a Beraca, acesse o site oficial da empresa clicando aqui.

Juliana Frutuoso, gerente de negócios da Beraca, ressalta a nova postura dos consumidores com relação a origem dos produtos que utilizam. “Hoje, os consumidores estão muito mais preocupados com os produtos que utilizam, eles olham os rótulos e buscam informações sobre as matérias-primas. Por isso, com os seus filhos não seria diferente, eles têm a preocupação com o risco de alergias ou irritações, por exemplo. Nesse sentido, os cosméticos orgânicos e naturais estão se tornando uma alternativa real para os pais, pois possibilitam o desenvolvimento de fórmulas naturais e orgânicas tão eficientes quanto as tradicionais”, explica Juliana.

“As matérias-primas provenientes de fontes naturais e sustentáveis permitem o desenvolvimento de cosméticos diferenciados, sempre de acordo com o que existe de mais moderno e tecnológico no mercado cosmético.”

Juliana Frutuoso – Gerente de Negócios da Beraca

Entre os insumos presentes no portfólio da empresa, pode-se destacar a aplicação dos óleos de pracaxi, maracujá e buriti na formulação de xampus, condicionadores, sabonetes, cremes para assaduras, hidratantes corporais, entre outros:

  • Óleo de pracaxi – agente condicionante capilar orgânico sem carga catiônica e que promove brilho e maciez, dispensando a utilização de silicones. O óleo pode ser aplicado em xampus “no tears”, condicionadores e sabonetes líquidos. Com excelente performance, uma das grandes vantagens para o público infantil é que, por se tratar de um ingrediente 100% natural, não contém silicone ou outros agentes sintéticos em sua composição.
  • Óleo de maracujá – com propriedades capazes de agir no tecido cutâneo e impedir a perda transepidérmica de água, ele preserva a hidratação natural da pele. Os ácidos graxos insaturados presentes neste óleo são nutritivos e têm participação em vários processos bioquímicos e fisiológicos da pele. Devido à sua ação não comedogênica e seu efeito calmante, ele é indicado para aplicação em lenços umedecidos, cremes para assadura, hidratantes corporais e sabonetes em barra.
  • Óleo de buriti – com uma coloração avermelhada, por possuir uma composição rica em carotenóides, ele colabora na manutenção de uma pele mais elástica e promove ação antioxidante. O óleo é indicação para peles sensíveis e principalmente para produtos solares e pós-sol, pois age como um intensificador na proteção da pele. Essa proteção é atribuída à sua atividade antioxidante, incluindo a capacidade de eliminar espécies reativas de oxigênio geradas nos processos foto-oxidativos.

Além das linhas de óleos, manteigas e ativos, a Beraca também possui em seu portifólio as marcas representadas, como a Dr. Straetmans, com as linhas Dermosoft, composta por agentes antimicrobianos funcionais; Dermofeel, com emulsificantes de bases vegetais “PEG Free”, emolientes, antioxidantes e quelantes naturais; e a Verstatil, composta por preservantes com excelente custo-benefício, que garantem alta-performance e são livres de parabenos, MIT e liberadores de formaldeído, associados ao surgimento de alergias e do envelhecimento precoce da pele.

Fonte: Brazil Beauty News

Veja outras matérias similares: 

Óleo de palma: produção sustentável garante prêmio internacional ao Brasil

Agricultura orgânica vai ajudar o Brasil a alcançar desenvolvimento sustentável exigido pela ONU

Deixe o seu Comentário:

Boletim CI Orgânicos

 

Cadastre seu nome e email, para receber nosso boletim mensal por email.

 

Assine o boletim CI Orgânicos

 

outras seções