Como produzir orgânicos

Como produzir alimentos orgânicos

Feira Santa MonicaPara produzir alimentos orgânicos o produtor deve fazer um plano de manejo orgânico, ou seja, um planejamento de ações, o que auxilia como manejar a produção e seguir o caminho para a sustentabilidade. Seguir princípios e normas orgânicas resulta em alimentos seguros e saudáveis, preservação do meio ambiente, respeita e favorece as condições de trabalho do homem no campo.

Ao iniciar um projeto de produção orgânica alguns fatores devem ser observados e levados em consideração:
– Em relação à propriedade (quantidade e qualidade da água, respeitar as leis ambientais, barreiras vegetais);
– Seleção sobre as atividades a serem desenvolvidas, assistência técnica, escolha do tipo de certificação e a certificadora;
– Seguir práticas recomendadas para a produção orgânica, como o preparo da área;
– Escolha das sementes ou mudas;
– Executar práticas que auxiliam na manutenção da fertilidade do solo, como manter a cobertura permanente do solo;
– Escolha do tipo de adubação;
– Prevenção e controle de pragas e doenças;
– Controlar o crescimento do mato;
– Verificar os insumos admitidos para uso na propriedade orgânica;
– Fazer o processo de certificação orgânica individual ou em grupo;
– Comercializar os produtos;
– Obter informações sobre máquinas e equipamentos, legislação e normas técnicas.

tomateSugestão para leitura: Dossiê Técnico – Agricultura Orgânica

Consequentemente produzir alimentos de qualidade nutritiva, seguros, em quantidade suficiente; interagir com o ambiente de forma construtiva e sadia (minimizando qualquer tipo de dano a este); conservar e aumentar a fertilidade dos solos ao longo prazo; manter a agrobiodiversidade do sistema de produção; utilizar recursos renováveis nos sistemas de produção; criar um equilíbrio harmônico entre agricultura e pecuária; produzir produtos orgânicos totalmente biodegradáveis; propiciar a todos os envolvidos na produção e processamento de alimentos orgânicos qualidade de vida, remuneração justa, melhores condições de trabalho; evoluindo em direção a uma cadeia completa de produção, processamento e distribuição que seja socialmente justa e ecologicamente comprometida.

Segundo pesquisas na agricultura orgânica ainda há falta de tecnologias de como se produzir em condições de solo e clima diferentes, isto é, falta o desenvolvimento de procedimentos adequados que atendam distintos agroecossistemas.

Essa produção em sua maioria provém de núcleos familiares que tiram da terra seu sustento, conservando o solo fértil, proporcionando condições de sobrevivência de sua família desestimulando o êxodo rural e fortalecendo o vínculo do homem a terra.

A produção de orgânicos tende a crescer cada vez mais devido a demanda por alimentos produzidos sem agrotóxicos, ou seja, sem agressão ao meio ambiente.

GaneshaReferência:

João Carlos Medeiros Madail, Daniela Lopes Leite, Celomar Mauch. Análise técnico-econômica de dois sistemas de produção de cebola: orgânico e convencional – estudo de caso. Embrapa Clima Temperado, ISSN 1806-9185 Julho, 2009 Pelotas, RS

Normas Básicas para a Produção e Processamento de Alimentos Orgânicos. IFOAM General Assembly em Mar Del Plata/Argentina, novembro 1998.

Aimée Novo Faria. Dossiê Técnico – Agricultura Orgânica. Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília – CDT/UnB, Janeiro de 2007.
Disponível em: http://www.respostatecnica.org.br/dossie-tecnico/downloadsDT/Mzc=
Acesso em 06 jan 2012.

Rogério Dias, Jorge Ricardo Gonçalves, Josias     Miranda, Roberto Habbib Mattar, Virgínia Mendes Cipriano Lira, Teresa Cristina de Oliveira Saminêz, Marcelo Laurino, Renato Duarte da Conceição. Caderno de Plano de Manejo Orgânico. Mapa, 2010.

Boletim CI Orgânicos

 

Cadastre seu nome e email, para receber nosso boletim mensal por email.

 

Assine o boletim CI Orgânicos

 

outras seções