pesquisar

palavra-chave:

arquivo
    novembro 2017
    S T Q Q S S D
    « out    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  

Agricultura

Voltar

Inovação, agricultura e cadeias de valor

Imagem: lacriba.net

A agricultura está em processo de transição para uma indústria de alta tecnologia. Nesta revolução, o que foi feito até agora já ficou obsoleto. O crescimento da população mundial e a necessidade de se produzir de forma ambientalmente sustentável impulsionam, de modo radical, a produção agrícola. Nos próximos 20 anos, uma das ferramentas mais importantes para produzir alimentos serão os programas que permitem a conectividade, a comunicação entre equipamentos, bem como a análise e a aplicação da informação recebida. Um agricultor bem informado é capaz de agir rapidamente para corrigir problemas antes que se tornem graves. Aparelhos e dispositivos permitirão, sem precedentes, o monitoramento e a coleta de dados. A base da agricultura do século XXI será o processamento dessas informações.  Drones e satélites garantem aos agricultores uma visão global da saúde de suas colheitas. Os sensores fornecem dados, em tempo real, sobre o solo e o clima, e alertam sobre a presença de insetos invasores e outros problemas que podem ameaçar a sobrevivência das culturas.

Variáveis complexas

Existem muitas variáveis complexas na produção agrícola: Que sementes utilizar? Que cultura deve ser plantada? Onde? Quando? Nutrição das plantas, quantidade de água etc. que, no futuro, analisados os dados recolhidos no campo, serão questões mais fáceis de resolver.

A coleta de informações deve constituir um sistema completo que otimiza todas as etapas do processo que começa no campo e termina com a disposição dos alimentos nas prateleiras das lojas. Sendo assim, saber como gerenciar da melhor forma as decisões tomadas pelos produtores e seus fornecedores, passando pelos fabricantes de equipamentos, até chegar aos consumidores, será um aspecto crucial no futuro. Os recursos de computação que temos à disposição hoje em dia são baratos, tornando possível modelar todas as escolhas possíveis e seus potenciais resultados. Decidir da melhor maneira, em todas as fases do processo de produção de alimentos, ajudará a maximizar a produtividade, cumprindo com o objetivo de cultivar mais alimentos com menos recursos.

Primeiros passos

Os produtores orgânicos têm dado seus primeiros passos, ao utilizar cada vez mais seus celulares para se comunicar com os consumidores e comercializar, sem intermediários, seus alimentos. Mas ainda há muito a ser desenvolvido. É necessário melhorar os sistemas de conhecimento e comunicação para a produção multifuncional dos alimentos orgânicos; construir e manter cadeias de fornecimento competitivas e confiáveis de alta qualidade; melhorar a organização das explorações agrícolas; aprimorar a utilização de novas tecnologias; desenvolver sistemas de processamento e equipamentos que minimizem a pegada climática e apoiem a produção orgânica, entre outros aspectos. O desafio ultrapassa as fronteiras da comunidade agrícola tradicional, e exige dos empreendedores grande desempenho e garra para mobilizar matemáticos, especialistas em engenharia de software, pesquisadores etc. em torno da construção de inovadores sistemas de uma agricultura que possa estar à frente de seu tempo.

Sylvia Wachsner – Coordenadora do CI Orgânicos – SNA

Matéria publicada na Revista A Lavoura – N° 717.

Para ver a matéria publicada na íntegra basta clicar aqui.

Deixe o seu Comentário:

Boletim CI Orgânicos

 

Cadastre seu nome e email, para receber nosso boletim mensal por email.

 

Assine o boletim CI Orgânicos

 

outras seções